Troque presentes por igualdade de gênero no Dia Internacional da Mulher

  07. março 2016   Internet   0
Troque presentes por igualdade de gênero no Dia Internacional da Mulher

Camila Pitanga, Embaixadora da ONU Mulheres Brasil, possui uma ideia melhor para presentear as mulheres no dia 8 de março, o Dia Internacional da Mulher. É algo que está longe de ser conquistado, mas se todos trabalharmos juntos, pode ser uma realidade. Descobriu o que é? Resposta: igualdade de gênero.

A atriz gravou um vídeo pedindo a homens e mulheres, governos e empresas, que se unam na construção de uma sociedade que garanta às mulheres o respeito, a equidade salarial, o fim do assédio sexual e do racismo. “Você, homem, mulher, governo, sociedade, é capaz de dar este presente? Reconhecer que temos os mesmos direitos? Que este dia te estimule a repensar.”

O recado da artista faz parte da campanha global da ONU no Dia Internacional da Mulher, “Por um planeta 50-50: um passo decisivo pela igualdade de gênero”, uma iniciativa que pede aos governos se comprometam a tomar atitudes para enfrentar os desafios que “impedem mulheres e meninas de alcançar seu pleno potencial.”

Camila Pitanga é Embaixadora da Boa Vontade da ONU desde dezembro do ano passado. Através de suas contas nas redes sociais, ela compartilhou estatísticas alarmantes sobre a situação das mulheres no Brasil, e confessou que vinha conversando com a ONU Mulheres há tempos para transformar suas “angústias ação.”

Ela é a sétima personalidade no mundo a receber o título de embaixadora da entidade. Além dela, também são embaixadores globais: as atrizes Nicole Kidman e Emma Watson, a princesa da Tailândia, Bajrakitiyabha Mahidol, tenista Sania Mirza, o ator, cineasta e cantor Farhan Akhtar, e a atriz Hai Qing.

“Quero colocar em prática o meu desejo de lutar contra tanta dor e desigualdade ainda vividas pelas mulheres. Obrigada, ONU Mulheres, por me empoderar, me orientar e me fazer compreender mais os dilemas e as soluções para as mulheres no mundo”, escreveu a artista no Facebook.

No álbum #PorqueEscolhiEssaLuta apresentei dados sobre desigualdade de gênero e violência contra nós mulheres. Nos ú…

Publicado por Camila Pitanga em Quinta, 10 de dezembro de 2015


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *