Relationship goals: Jout Jout e Caio

A internet tornou-se um lugar muito mais bacana desde que Julia Tolezano, a Jout Jout, abriu seu canal no Youtube. De um jeito leve e descontraído, a moça consegue falar de temas complicados, como relacionamentos abusivos; até questões femininas; a beleza do cotidiano; e ensina ainda como analisar arte direitinho.

Natural, espontânea e honesta, Jout Jout encanta os mais de 218 mil inscritos (até o momento) em seu canal, que é atualizado às terças e quintas-feiras, provavelmente às 10h da manhã. Ao seu lado, ou melhor atrás da câmera, está seu namorado Caio, que participa de quase todos os vídeos, mas nunca deu as caras, deixando todos nós curiosos e imaginando como ele seria.

Aliás, Jout Jout e Caio são um exemplo ótimo de ‘relationship goals‘ (ou em bom português: metas de relacionamento). Tanto são, que listei 10 motivos para para que você acredite nisso:

1. Eles fazem planos juntos, realizam juntos e os comemoram juntos:

Isso aqui é verdadeiramente especial. Há pouco mais de um ano, os dois tinham um “plano doidão (porém, possível)” de fazerem várias coisas juntos: viajar, tocar pessoas, ajudar pessoas, viver histórias incríveis, ganhar dinheiro, fazer vídeo/ tirar fotos, comer bem, dormir bem e escrever. E como vemos no vídeo acima, tudo foi conquistado (ou quase, dependendo se você prefere o ponto de vista da Jout Jout ou do Caio).

Não foi nada que precisou de um acompanhamento. Juntos, eles foram caminhando, ajudando um ao outro e foram construindo o que têm hoje, até que o guardanapo com o “plano doidão” caiu e perceberam que deu tudo certo. E quem não quer algo assim, né?

Para arrumar um Caio em sua vida, lembre-se da teoria da peneira!

2. Sair da rotina e fazer coisas inusitadas é com eles:

Além de estarem numa profissão não convencional (gravar vídeos na internet), os dois já provaram que rotina pode ser bacana, mas também cansa. Jout Jout e Caio já foram a uma praia de naturalismo, incorporaram um bom new yorker, e curtem uns dias na fazenda (olha o cajado!), tomando leite direto da vaca e pegando mangas.

3. Fazer cocô com o outro por perto não é um problema:

Um problema para muitos casais é fazer cocô com seu par por perto. Porém, não dá para segurar as necessidades do corpo humano para sempre, não é mesmo? Então, ao invés de ir contra a natureza, assuma para si mesmo de que você precisa cagar e dê o toque para o cônjuge. Jout Jout até ensina como fez com Caio, para que não houvesse timidez ou embaraço na hora de ir ao banheiro: bata o lixo no chão, bata a tampa da privada na parede, toque uma música, ou vá quando a natureza chamar e use o FreeCo para solucionar o problema do cheiro! Hahaha, genial!

4. Cozinhar a dois é muito mais divertido:

Fala a verdade, não é muito melhor cozinhar a dois? Tudo bem que Caio conferiu toda a produção do purê de aipim e carne moída (alguém tinha que filmar), mas ficou lá divertindo e entretendo Jout Jout, enquanto ela faz o almoço maravilhoso dos dois. “Alô você, dona de casa…”.

5. Namore alguém com quem você possa fazer vários nadas:

Em tempos de Facebook, é muito comum compartilhar nas redes sociais como o namoro vai bem e que o casal tá sempre saindo e se divertindo. Contudo, ficar em casa fazendo vários nadas também é muito bom. E esse é o passatempo preferido de Jout Jout e Caio: ficar na cama olhando um para a cara do outro. Ou melhor, para não dizer que é só isso, os dois ainda fazem maratonas de seriados e ouvem músicas para chorar juntos. Quer dizer, o que todo mundo faz, né não? E sem vergonha alguma de admitirem!

6. Problema se resolve conversando:

Seu par tá te olhando com cara esquisita? Antes de começar a criar mil coisas na sua cabeça, pergunte o que tá acontecendo. Não precisa tentar decifrar sinais ou ficar remoendo o olhar esquisito. Pergunte logo! Siga a sabedoria da Jout Jout, que diz “vai gastar seu tempo que você poderia estar assistindo Netflix?”. Perguntou, conversou, solucionou. Agora vamos assistir “Grace & Frankie“?

7. Os dois são super bem resolvidos:

Ciúme para Caio e Jout Jout é bom quando é pequenininho. Quando cresce um pouquinho já fica chato. E eles têm razão. Apesar de ser difícil não sentir ciúme, tem gente que consegue ficar relaxado, e esse casal aqui é um exemplo. Tanto são relaxados, que não veem problema com masturbação, ver filme pornô ou ainda sair sem o outro. O que nos leva para o próximo item.

8. Eles respeitam a individualidade um do outro:

“As pessoas que namoram também são livres. Elas não têm que ficar uma do lado da outra o tempo todo, senão dá probleminha de pele”. É bem por aí. Jout Jout e Caio entendem que um tempinho longe um do outro é saudável e não veem problemas em saírem sozinhos ou com amigos. Estar juntos é muito bom, claro. Mas ficar só com você também é divertido e necessário.

9. A história de como começaram a namorar:

Não foi amor à primeira vista, mas nem por isso deixou de ser fofo e especial. Jout Jout se apaixonou pelo tema de monografia de Caio, e os dois começaram a conversar, depois saíram juntos – várias vezes – até que rolou o primeiro beijo depois de uma sessão de cinema. E o pedido de namoro foi mais fofo ainda (como é possível?): os dois estavam num bar cheio de gente e para saber a história tem que assistir o vídeo acima. <3

10. Eles fazem música juntos:

O vídeo resume toda questão de relationship goals, mas aqui vai uma rápida colocação: namore alguém que entre nas suas loucuras e que faça um funk tão bom quanto esse ou o do cajado.

Enfim, Jout Jout e Caio são verdadeiros relationship goals! <3

Comments

  1. Pingback:Jout Jout continua uma conversa importante sobre assédio contra mulheres em novo vídeo - Prosa Livre

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.