Os melhores momentos do Grammy 2016

  16. fevereiro 2016   POP   0
Os melhores momentos do Grammy 2016

Aconteceu na noite de ontem (15) a longa cerimônia de entrega do Grammy Awards. Em mais de três horas de duração do prêmio, Taylor Swift levou três gramofones dourados, incluindo “Álbum do Ano”, com direito a discurso respondendo à afirmação de Kanye West de que ele a teria feito famosa (“Haverá gente ao longo do caminho que tentará minar seu sucesso ou levar o crédito por suas realizações ou sua fama”, disse a voz de “Blank Space”), o rapper Kendrick Lamar levou cinco, Alabama Shakes levou quatro, Ed Sheeran e Mark Ronson com Bruno Mars dois cada. Meghan Trainor foi escolhida a “Artista Revelação”.

Quanto às performances, muitas foram bem mornas. Um dos destaques ficou para Taylor Swift, que abriu o Grammy com “Out Of the Woods”, single do premiado “1989”. Embora o público presente e o de casa tenham gostado da performance, após sua apresentação, a cantora chorou por não ter conseguido alcançar uma nota.

https://www.youtube.com/watch?v=-ch5HO4Hy08

Quem mandou bem, também, foi Demi Lovato, estreante na premiação, e deixou todo mundo de queixo caído com seu tributo a Lionel Richie. Ela subiu ao palco para cantar “Hello”, deixando o próprio homenageado vibrando em seu assento. Naquele momento, Lionel era todos nós que assistíamos a Demi em casa. Também participaram John Legend, Luke Bryant, Meghan Trainor e Tyrese Gibson. Ao final, Lionel Richie também soltou a voz na linda homenagem.

https://www.youtube.com/watch?v=tMvWhI6JCRk

A melhor performance foi, sem dúvidas, a de Kendrick Lamar, indicado a 11 prêmios naquela noite. Apresentado pelo ator Don Cheadle, o rapper chegou ao palco vestindo algemas e seguido por outros quatro homens negros algemados. Aos poucos, todos foram se libertando e seus dançarinos encenaram danças africanas.

Tal qual fez Beyoncé no Super Bowl, Kendrick transmitiu uma mensagem empoderadora em sua apresentação, abraçando sua negritude e suas raízes. Ao final, um telão se acendeu com uma imagem do continente africano com “Compton” escrito por cima.

Depois do sucesso estrondoso de “25”, era mais do que justo que Adele cantasse alguma das músicas de seu mais recente álbum, que vem quebrando todos os recordes. A escolhida foi a minha favorita “All I Ask”, a qual sofreu problemas técnicos durante a performance.

Tweet: “Os microfones do piano caíram sobre as cordas, o que fez parecer um violão. Pareceu que estava fora de tom. Merdas acontecem.”

Tweet: “Por causa disso, vou me consolar com um hambúrguer. Talvez tenha valido a pena.”

Por fim, mas não menos importante, Lady Gaga fez sua tão esperada homenagem a David Bowie, que morreu no mês passado. A Mother Monster compareceu à premiação caracterizada como o icônico rockstar e fez uma eletrizante apresentação, mas que dividiu a internet: enquanto alguns demonstraram ter gostado, outros pareceram menos entusiasmados. Veja o que você acha:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *