Nicki Minaj fala abertamente sobre um aborto realizado durante a adolescência

Uma vez ouvi de uma amiga feminista que todo mundo conhece uma mulher que fez um aborto na vida. Acontece é que muitas não falam sobre isso. E não é para menos: a opinião majoritária é de que a mulher é a culpada. Como sempre. Culpada por engravidar, culpada por ter uma vida sexual ativa, culpada por sentir prazer. Nicki Minaj fez diferente. Em entrevista à revista Rolling Stone americana, a cantora resolveu falar sobre o aborto realizado durante sua adolescência.

Nicki Minaj na capa da Rolling Stone
Nicki Minaj na capa da Rolling Stone

“Eu achei que fosse morrer”, revelou a rapper à publicação. À época, Nicki estudava na escola de artes LaGuardia, e namorava um homem mais velho. “Eu era uma adolescente. Foi a coisa mais difícil que eu já passei na vida”, confessou. Ela então optou pelo aborto, uma decisão que, segundo a rapper, a “assombrou por toda sua vida”, ainda que fosse a melhor opção naquele período. “Seria contraditório se eu dissesse que não sou a favor de escolhas. Eu não estava pronta. Eu não tinha nada a oferecer a uma criança”, confessou a rapper.

http://www.youtube.com/watch?v=fCtNG8tU6L4

O aborto está presente em seu novo álbum, “The Pinkprint”, lançado em dezembro passado. Na faixa “All Things Go”, Nicki lembra que seu filho seria adolescente hoje. “Meu filho com Aaron faria dezesseis anos a qualquer momento”. No entanto, essa não é a primeira vez que a cantora faz uma música sobre o episódio. Na mixtape “Autobiography”, lançada no começo de sua carreira, Nicki canta sobre a difícil decisão que tomou. “Por favor, filho, perdoe-me/ Mamãe era muito nova/ Mamãe estava muito ocupada, tentando se divertir/ Agora eu não bato nas minhas costas por ter enviado você de volta/ Deus sabe que eu era melhor do que aquilo/ Escutei as pessoas me dizerem que eu não estava pronta para você/ Mas como eles sabem que eu não estava preparada?”.

Na entrevista, bem reveladora, Nicki contou ainda que quer continuar a inspirar meninas. “Eu represento garotas que querem ser sexies e querem dançar, mas além disso, represento aquelas com uma forte auto-confiança. Se você tem uma bunda grande? Rebole! Quem liga? Isso não quer dizer que você não pode se formar numa faculdade”.

tumblr_lzyodxJZOs1rovmado1_500Essa entrevista de Nicki, somada a todos os depoimentos de mulheres que já confessaram ter abortado em algum momento da vida, vão na contramão do que é propagandeado por aí, de que se o aborto for legalizado, todas as mulheres vão querer abortar, pois é mais “fácil”. Não é fácil. É uma decisão difícil, que cabe à mulher decidir entre ir adiante, ou não, com uma gravidez inesperada e/ou indesejada. Nicki foi corajosa em abrir esse aspecto de sua vida, mesmo com os julgamentos que cairão sobre ela. Além disso, a rapper reforça ainda o que vem sendo dito há tempos: precisamos conversar sobre aborto.

Comments

  1. Pingback:Ellen DeGeneres faz piada de mau gosto sobre o corpo de Nicki Minaj - Prosa Livre

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.