Conheça a muçulmana que fez história na Semana de Moda de Nova York com o hijab

  20. setembro 2016   Moda   0
Conheça a muçulmana que fez história na Semana de Moda de Nova York com o hijab

A Semana de Moda de Nova York já chegou ao fim (o evento foi realizado entre os dias 7 e 15 de setembro), e deixou momentos memoráveis, como a participação em um dos desfiles da modelo indiana Reshma Qureshi, que foi queimada com ácido pelo cunhado em 2014.

Outro grande momento da NYFW foi da designer indonésia Anniesa Hasibum, que levou para as passarelas 48 looks diferentes, mas todos acompanhados pelo hijab, o lenço islâmico que cobre a cabeça e o colo. Embora o hijab já tenha aparecido em desfiles do evento em anos anteriores, foi a primeira vez que todas as modelos de uma mesma grife utilizaram a vestimenta. Hasibum também foi a primeira indonésia a apresentar um desfile na Semana de Moda de Nova York.

Dos 48 trajes apresentados, 38 eram roupas prontas para uso e 10 vestidos de gala. A designer foi inspirada por sua cidade natal, Jakarta, capital da Indonésia, e levou muitas cores, vestidos, calças, pérolas, seda e bordados para os holofotes. Ao final do desfile, Anniesa foi aplaudida de pé.

“Estou orgulhosa de agradecida a todos da equipe que me ajudaram para que esse evento acontecesse, e estou agradecida à mídia local da Indonésia e internacional por divulgarem meu trabalho”, disse a indonésia em um comunicado à CNN. “Eu não imaginava que o resultado seria maravilhoso assim, e eu estou animada e honrada pela resposta positiva que eu tive”.

A marca indonésia tem apenas um ano, mas se engana quem acredita que a visibilidade e o sucesso que vem sendo conquistados vieram da noite para o dia. “Às vezes as pessoas acham que eu pulei direto na NYFW, mas foi tudo um processo. Essa foi uma longa jornada, a qual eu tenho dado um passo de cada vez”, contou a designer ao Jakarta Post, que acrescenta ainda que seu atual trabalho ainda era ainda um hobby no ano passado.

Hasibum possui boutiques nas cidades de Jakarta e Kemang, e já levou suas coleções para eventos de moda em Londres, Istambul, e agora para as passarelas de um dos eventos fashion mais importantes do mundo, a Semana de Moda de Nova York.

A decisão de levar roupas prontas para uso (prêt-à-porter) para as passarelas não foi feita sem um pouco de insegurança. Contudo, a resposta positiva recebida em Istambul deixou a designer mais confiante. Ao Jakarta Post, ela classificou a coleção como “simples e elegante”, mas que contém em materiais luxuosos, para que as mulheres “sintam-se como princesas em todos os dias de suas vidas, e não apenas em ocasiões especiais”.

E Anniesa Hasibum não está sozinha na sua empreitada de levar a moda islâmica para o mainstream. No começo do ano, por exemplo, a grife Dolce & Gabbana lançou uma coleção com hijabs e abayas, feita com o público muçulmano em mente. Em 2015, a Mango e a DKNY também lançaram linhas de roupas para o período do Ramadã, e a Uniqlo trouxe uma blogueira muçulmana e seu hijab para suas campanhas publicitárias.

Ainda assim, a designer indonésia foi a primeira a trazer uma coleção inteira com hijabs para a NYFW, uma realização que a deixa orgulhosa.

“Eu quero trazer o nome da Indonésia para o mundo da moda, e usar as minhas roupas para introduzir as pessoas às diferentes e diversas partes da Indonésia”, concluiu Hasibum ao Jakarta Post. E pela resposta que vem recebendo, é fácil afirmar que ela está no caminho certo.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *