Mary Lambert quase ficou de fora de “Same Love”, hit de Macklemore & Ryan Lewis

  09. julho 2016   POP   0

Parte do motivo que nos leva a adorar “Same Love”, um dos maiores hits do duo Macklemore & Ryan Lewis, não é só a letra que fala sobre o amor entre pessoas do mesmo gênero, mas também os vocais de Mary Lambert, uma cantora lésbica, a qual eu diria que todos precisamos conhecer melhor.

Depois de quase três anos que a música foi lançadas, é difícil imaginar alguém melhor para participar da faixa, mas a verdade é que Mary quase ficou de fora dela. Isso porque, segundo ela contou ao programa “Oprah: Where Are They Now — Extra”, a artista foi a última opção de Macklemore e Ryan Lewis para a canção.

“Eles tinham procurado cada cantor gay que você conhece para cantá-la, mas todos se recusaram”, ela lembra. “Eu fui a última opção. Afinal, eu cantava em locais para 10 pessoas!”

Foi então que uma amiga ligou perguntando se ela gostaria de participar de “Same Love”. “Ela disse: ‘meus amigos estão trabalhando numa música e precisam de um refrão. Você estaria interessada?’ Eu disse: ‘claro, Macklemore e Ryan Lewis? Vou ver se tenho um horário na minha agenda”, brincou.

“Eu escrevi o refrão em duas horas, depois de uma dose de tequila. Fui ao estúdio e conversei com eles um pouco e disse: ‘foi isso o que eu fiz’. Eles gostaram, nós gravamos e a canção foi lançada.”

Com o sucesso da canção, considerada um dos hinos para o casamento igualitário nos Estados Unidos, e que foi indicada ao Grammy, onde se apresentou ao lado de ninguém menos do que Madonna, Mary Lambert começou a viajar por todo o país, cantando em estádios e na televisão americana. Ela conta que precisou manter os pés no chão para não ser levada pela fama. Para tal, ela fez questão de focar na importância da mensagem que estava enviando com seu trabalho.

“Não era sobre o meu ego. Era sobre um bem maior e mudança social. Sempre que algo assim acontece, eu olho para o meu ego e digo: ‘OK, isso não tem nada a ver comigo enquanto artista. É sobre ser uma condutora de algo maior.”

A cantora ainda aproveitou o refrão de “Same Love” e desenvolveu um single, “She Keeps Me Warm”, presente em seu primeiro EP “Welcome To the Age of My Body”, lançado no final de 2013. Em 2014 ela lançou um álbum completo e agora se prepara para um novo álbum, “Shame is an Ocean I Swim Across”.

Sobre o novo disco, Lambert diz:

“Estou tentando abraçar a complexidade e abraçar o fato de que, mesmo que seja difícil se categorizar, está tudo bem, porque tenho esperança que as pessoas amam você por quem você é, ainda que não consigam te entender totalmente.”