Lego quer inspirar meninas a continuar construindo

Lembra da Maggie Cole, aquela garota britânica de 7 anos que reclamou de um anúncio sexista na loja de brinquedos? Pois então, não só ela (ainda bem), que acha que não deveríamos limitar a experiência das crianças com brinquedos separados para ‘meninas’ e para ‘meninos’. A LEGO também não e quer inspirar meninas a sonhar e construir.

A nova propaganda da marca (em inglês), traz uma garotinha narrando o vídeo, pedindo aos pais para não ajudarem-na o tempo todo. “Nem sempre eu quero que vocês me ajudem. Sabe por quê? Eu quero descobrir sozinha, mesmo quando as coisas não terminam como eu quero. Eu sei que não está errado, porque vocês me ensinaram a pensar e como sonhar. Estou prestes a fazer algo, que eu sei que os deixarão orgulhosos”.

Meninos e meninas possuem a mesma capacidade de construir coisas incríveis, porém, precisamos estimular mais as garotas a criarem e usarem seu raciocínio.

Esta não é a primeira vez que a LEGO reforça a importância da igualdade de gêneros. Uma carta aos pais de crianças foi colocada em algumas embalagens dos brinquedos, durante a década de 70, mas que só caiu na rede internet recentemente.

lego

“Aos pais: a necessidade de criar é igualmente forte em todas as crianças. Meninos e meninas. A imaginação é o que conta. Não a habilidade. Você cria qualquer coisa que venha à sua cabeça, da forma como quiser. Uma cama ou um caminhão. Uma casa de bonecas ou uma espaçonave. Muitos garotos gostam de casas de bonecas. São mais humanas do que espaçonaves. Muitas garotas preferem espaçonaves. São mais legais do que casas de bonecas. A coisa mais importante é colocar o material certo em suas mãos e deixá-los criar o que os agrada”.

Essa sempre foi uma preocupação da LEGO: meninos e meninas devem brincar e criar o que bem entenderem. Vamos deixar os pequenos se divertirem!

lego_igualitaria

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.