Diretor de “Último Tango em Paris” considera a polêmica em torno da cena de estupro um ‘mal-entendido ridículo’

A resposta do diretor italiano Bernardo Bertolucci à cena de estupro de “Último Tango em Paris” não corrige suas ações com a atriz Maria Schneider.

“Durante os 16 dias de ativismo na luta contra a violência à mulher, blogs envoltos pelo #feminismonerd, se propuseram a discutir as problemáticas em torno da representação de mulheres como uma matriz que reitera os discursos de violência e ódio, quanto veículos que visibilizam a discussão. Sabemos que, apenas a exposição e discussões possibilitam o combate direto, a resolução e identificação do problema. Como reitera a escritora e teórica feminista Audre Lorde : é preciso transformar o silêncio em linguagem e ação”.

Depois de um vídeo no qual afirma que a atriz Maria Schneider foi estuprada no filme “Último Tango em Paris” ter sido muito compartilhado nas redes sociais, o diretor da obra, Bernardo Bertolucci, resolveu se manifestar sobre o ocorrido.

Em um comunicado divulgado pela revista Variety, ele classifica o ocorrido como um “mal-entendido ridículo”.

“Eu gostaria, pela última vez, de esclarecer um mal-entendido ridículo que continua a gerar mídia em torno do mundo sobre ‘Último Tango em Paris'”, começou o cineasta italiano. “Há alguns anos, na Cinémathèque Française, alguém me pediu alguns detalhes sobre a famosa ‘cena da manteiga’. Eu detalhei, mas talvez não tenha sido claro, que eu e Marlon Brando decidimos não informar Maria que nós usaríamos a manteiga. Nós queríamos sua reação espontânea para o uso impróprio [da manteiga]. É aí que reside o mal-entendido. Alguém achou, e ainda acha, que Maria não havia sido informada sobre a violência que ela interpretaria. Isso é falso! Maria sabia de tudo, pois ela tinha lido o roteiro, onde tudo estava descrito. A única novidade era a ideia da manteiga. E isso, conforme aprendi muitos anos depois, a ofendeu. Não a violência a que ela está sujeita na cena, porque ela estava escrita no roteiro”.

No vídeo de 2013 que circulou na internet, Bertolucci diz:

“A sequência da manteiga foi uma ideia que eu tive com o Marlon [Brando] pela manhã, antes de filmá-la. De uma forma, eu fui horrível com a Maria, porque eu não disse a ela o que estava acontecendo. Eu queria sua reação enquanto garota, não como atriz. Eu queria que ela reagisse humilhada. Acho que ela odiou a mim e Marlon, porque nós não contamos para ela sobre o detalhe da manteiga como lubrificante. Eu me sinto muito culpado por isso”.

Maria Schneider, que tinha 19 anos na época da gravação do filme (Marlon Brando tinha 48), contou ao Daily Mail, em 2007, que sentiu-se  “humilhada e um pouco estuprada por ambos, Marlon e Bertolucci”.

“Eu deveria ter ligado para o meu agente ou meu advogado, para que fossem ao set de filmagem. Você não pode forçar alguém a fazer algo que não está no roteiro. Mas naquela época, eu não sabia disso. Eu me senti humilhada e, para ser honesta, um pouco estuprada por ambos, Marlon e Bertolucci. Depois daquela cena, Marlon não me consolou ou pediu desculpas. Ainda bem que foi apenas uma tomada.

E deve ser notado que, independente se ela sabia ou não da cena de estupro, o uso da manteiga, que não havia sido informado à artista francesa, ainda pode ser considerado uma agressão contra ela, já que Schneider não pôde concordar com o que seria feito. Não tinha como ela consentir com o ato, uma vez que ela não tinha conhecimento prévio sobre ele. É aí onde está o erro na declaração do diretor italiano.

Após o filme, a atriz nunca mais fez outra cena nua e confessou ter usado drogas para “fugir da realidade”, além de ter tentado suicídio algumas vezes. Ela morreu devido a um câncer em 2011, aos 58 anos.

Para ser honesto, a única resposta de Bertolucci para tudo isso deveria ser um pedido de desculpas. Ainda assim, acredito que suas palavras ainda não seriam o bastante.

BLOGS QUE PARTICIPAM DESTA AÇÃO COLETIVA:

Momentum Saga

Collant Sem Decote

Nó de Oito

Delirium Nerd

Vanilla Tree

Preta, Nerd & Burning Hell

Ideias em Roxo

Psicologia & Cultura Pop

Minas Nerds

Iluminerds

Kaol Porfírio

Valkírias

Pac Mãe

Séries Elas Por Elas.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.