Conheça Jazz Jennings, adolescente transgênero que acaba de ganhar seu próprio programa de televisão

A representatividade das pessoas trans na televisão americana tem aumentado nos últimos anos. No seriado musical “Glee”, conhecido por levantar as bandeiras da comunidade LGBT, o ator Alex Newell deu vida à Unique Adams, na terceira temporada da série. Atualmente, “Glee” retratou a transição da treinadora Beiste (Dot-Marie Jones), hoje Sheldon Beiste.

Além do musical, “Orange Is The New Black”, conta ainda com a atriz Laverne Cox (que pode ganhar uma série onde ela será a protagonista), e o seriado “Transparente” possui a atriz Alexandra Billings em seu elenco. Agora, a televisão americana ganhará um reforço com uma nova perspectiva: Jazz Jennings!

jazz jennings

Jazz Jennings é uma garota transgênero de 14 anos, mas que desde os 2 anos de idade já sabia que não era um menino. Os pais sempre a apoiaram e, desde os 5 anos, ela se apresenta como menina. Jazz possui um canal no Youtube com seu nome, que possui mais de 32 mil inscritos e mais de 1,8 milhões de visualizações. Nele, a jovem posta vídeos sobre sua vida, ou como ela mesma diz “o canal mostra que pessoas transgênero são como todas as outras e que precisamos abraçar nossas diferenças para criar liberdade e igualdade para todos!”.

Jennings também escreveu um livro para crianças chamado “Eu sou Jazz”, onde conta sua história desde os 2 anos de idade e sua transição para uma menina. Já é impressionante, mas a garota também é uma ativista, que discursa sobre os problemas enfrentados pelas crianças trans. E tem mais: Jazz Jennings figurou na lista dos 25 Jovens Mais Influenciáveis de 2014, da revista Time.

Agora, a jovem estreará na televisão, pelo canal TLC, com o reality show All That Jazz, que acompanhará o dia-a-dia de Jennings e sua família, enquanto documenta sua entrada na adolescência. É possível que o programa esclareça (assim espero) os diversos aspectos da vida de crianças trans, ajudando a criar um maior entendimento sobre a transgeneridade.

Como notou o site Mic, o programa terá a visão de uma pessoa trans de verdade, e não de um ator cisgênero, o que possibilita uma produção não sensacionalista de como é a vida de uma pessoa trans.

Além de um programa de televisão, Jazz Jennings também é garota-propaganda da marca Clean & Clear. A garota é o rosto da campanha #SeeTheRealMe (“Veja a verdadeira eu”), que encoraja meninas a dividir suas histórias sobre amar quem realmente são. “A campanha é ótima para ajudar meninas a criarem coragem para abrirem-se com suas amigas e serem quem são. Eu consigo me relacionar com isso”, contou a jovem ao PopSugar.

https://www.youtube.com/watch?v=vyNZXQ136oI

“Eu sempre soube quem eu era: uma garota presa no corpo de um garoto. Crescer tem sido uma luta sendo uma menina transgênero, especialmente no ensino médio. Alguns se cumprimentam com abraços, e os meninos só me dão um ‘oi’. E algumas vezes eu sou chamado por ‘isso’. Basicamente, eu me fechei. Este ano eu decidi mudar, me colocar lá fora e fazer novas amigas. Pela primeira vez eu convidei as meninas para irem em casa, começamos a sair mais… Tem sido muito divertido para mim e ainda é. ‘A verdadeira eu’ é feliz e orgulhosa de ser quem é, e eu estou muito feliz por ser uma das meninas. Eu sou Jazz. Veja a verdadeira eu”.

Jazz Jennings é, com certeza, uma ótima voz para as causas das pessoas trans nos Estados Unidos e no mundo todo. Quem sabe ela não inspira jovens aqui no Brasil também, um país tão conservador, com poucos atores e atrizes assumidamente homossexuais e pouquíssimas personalidades trans.

Manda mais visibilidade trans, que tá pouco ainda! Continue brilhando e inspirando, Jazz!