Assista: em entrevista antiga, Cher explica por que homens não são necessários

Desde quando começou sua carreira na década de 60, até hoje, Cher se manteve um ícone na música e para mulheres e comunidade LGBT. A veneração a ela é tanta, que a cantora é até chamada de “deusa” por muitos (eu, inclusive).

E se você quer saber de onde vem tanta admiração, vou ajudar com um exemplo: nesta semana, um vídeo de uma antiga entrevista da Cher voltou a circular na internet. Trata-se de uma conversa com a jornalista americana Jane Pauley, realizada em 1996, na qual ela demonstra toda a sabedoria.

Na ocasião, ela afirmou que “homens não são uma necessidade, são um luxo”.

https://www.youtube.com/watch?v=XsVkSRa7quY

“Jane Pauley: Você disse que um homem não é uma necessidade, homem é um luxo.

Cher: Tipo sobremesa. Os homens não são uma necessidade.

Jane: Você quis soar como má ou amarga?

Cher: “Não, de forma alguma. Eu adoro sobremesa. Eu acho que os homens são os mais legais! Mas você não precisa deles para viver”.

Eis uma verdade: você realmente não precisa de um homem para viver.

Em seguida, a cantora recorda de uma conversa com sua mãe, na qual ela pediu à filha para “arrumar um homem rico”:

“Cher: Minha mãe disse uma vez: ‘querida, um dia você precisa se aquietar e casar com um homem rico’. Eu disse a ela: ‘mãe, eu sou um homem rico'”.

Assim como Helen Mirren, em 1975, já combatia ideias machistas de como mulheres devem se portar, Cher também batia de frente com as expectativas sobre o que as mulheres devem querer. E como vimos, nenhuma delas deveria envolver arranjar um marido.

Amém, Cher!

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.