Caso você precise de um lembrete de quão branco o Oscar será neste ano, esta foto ajuda

A cerimônia do Oscar está mais próxima a cada dia. Ontem, 8, aconteceu o almoço dos indicados ao considerado prêmio mais importante do cinema, e deixou ainda mais evidente o quão branco o evento será neste ano.

Quando a lista de indicados foi anunciada em janeiro passado, a hashtag #OscarsSoWhite voltou a circular, já que pelo segundo ano consecutivo, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas deixou de nomear qualquer pessoa negra ou de qualquer outra etnia nas categorias de atuação. Muitos artistas se revoltaram com o fato e protestaram nas redes sociais e em entrevistas, tendo alguns optado pelo boicote à premiação, como foram os casos de Spike Lee, Jada Pinkett e Will Smith.

E no evento de ontem, todos os indicados ao Oscar se reuniram para um almoço no hotel Beverly Hilton. Posando para a foto oficial, a falta de diversidade fica bem aparente:

Caso você precise de um lembrete de quão branco o Oscar será neste ano, esta foto ajuda
Foto: GROUP LA / A.M.P.A.S.

A dúvida que fica é se os artistas indicados chegaram a conversar sobre o #OscarsSoWhite. “Na verdade, nós não tínhamos nos encontrado até esta ocasião”, disse Eddie Redmayne, indicado por “A Garota Dinamarquesa”, apesar dos eventuais encontros em premiações passadas como o Globo de Ouro e o SAG Awards. “Mas é algo que está na cabeça de todos, com certeza. E eu vejo a maneira como tudo está sendo lidado como um passo positivo”, afirmou.

Já Sylvester Stallone contou que pensou em boicotar o Oscar deste ano, mesmo sendo indicado a ‘Melhor Ator Coadjuvante’ por “Creed – Nascido Para Lutar”. “Eu conversei com Ryan Coogler [diretor do filme e negro] quando isso aconteceu [o debate pela falta de indicados negros]. Eu disse: ‘Ryan, como você quer que eu lide com isso? Porque eu acredito que você é responsável por eu estar aqui'”, revelou o astro de “Rocky Balboa”.

“Todas as vezes em que eu olhei para o Michael Jordan [protagonista de “Creed”] como ator, disse que ele estava me fazendo melhor. Eu acho que ele deveria ter recebido mais respeito e atenção. Eu disse [a Ryan Coogler]: ‘se você quiser que eu vá, eu vou, se você não quiser, eu não vou.’ Ele disse: ‘não, eu quero que você vá. Vá e represente o filme. Nós sentimos que você merece. As coisas vão mudar eventualmente’.”

Sobre as medidas de inclusão de minorias dentro da Academia do Oscar, Stallone foi positivo. “Eventualmente, todo o talento irá subir ao topo. Acho que é uma questão de um novo paradigma e uma nova forma de pensar. Eu devo tudo a esses dois rapazes, com certeza.”

Tom McCarthy, diretor de “Spotlight: Segredos Revelados”, também comentou sobre o #OscarsSoWhite. “Tudo se resume, para mim, a responsabilidade. Responsabilidade pessoal. Isso levanta a questão: o que nós todos podemos fazer? Todo roteirista, diretor, ator, produtor e público”, afirmou o cineasta, que acrescentou que a discussão influenciará seus próximos trabalhos. “Sim, não só com a escolha do elenco, mas no roteiro. Tudo começa ali. Começa nas páginas.”

Rooney Mara, atriz de “Carol” contou que tem “vivido em sua pequena bolha”, mas acredita que essa é “uma conversa que todos precisamos ter.” Ela ainda levantou outro ponto pouco discutido: a falta de diversidade sexual nas histórias contadas pelo cinema. “Eu li um artigo no New York Times ontem, e eles falavam sobre o assunto e sobre Carol. Eles disseram que deveria existir a hashtag #OscarsSoStraight (“Oscar Muito Hétero”).”

Vale acrescentar que a Academia do Oscar tomará medidas para diversificar seu corpo de membros. Entre elas estão o fim da filiação vitalícia e a perda de direito ao voto aos integrantes que não trabalharem na indústria cinematográfica num período de 10 anos. “A Academia vai liderar e não vai esperar a indústria acompanhá-la”, disse a presidente da organização, Cheryl Boone Isaacs. “Estas novas medidas dizem respeito a administração e votação terão impacto imediato e começarão um processo de mudança significativa dentro da nossa composição de membros.”

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.