8 Coisas que as pessoas precisam parar de dizer às mulheres

Ontem eu postei uma lista de 5 coisas que as pessoas precisam parar de dizer aos homossexuais. Coisas bem básicas mesmo. A inspiração para o texto de ontem veio desse texto: ‘8 Things People Need to Stop Saying To Women‘, do site hellogiggles.com, de autoria de Kit Steinkellner.

O texto é super bacana e achei interessante traduzí-lo para o blog. Para conferí-lo no original, clique no link acima.

8 Coisas que as Pessoas Precisam Parar de Falar às Mulheres

Às vezes, alguém diz algo para mim e todos os meus alarmes de segurança começam a se desligar na minha cabeça, porque eu sei que o comentário em questão minam e rebaixam-me e NUNCA seriam ditos para nenhum homem. A pior parte é que parece que essas pessoas que vomitam esses comentários nem sequer percebem como isso pode ser “mal interpretado” como algo ofensivo. Então, para ajudar a esclarecer as coisas, aqui vai uma lista do que eu acho que as pessoas precisam parar de dizer às mulheres.

1. “Sorria”

emma-stone-no-no-no-no-no-gif-bgod

As mulheres não ganham o mundo com sorrisos. Parece um conceito difícil para várias pessoas captarem (o que talvez explique o porquê de tantos homens fazerem “fiu-fiu”. Parece que eles acham que isso é um elogio. Caso eu precise esclarecer, não, não é). Quando alguém diz para uma mulher para sorrir, é subentendido que “seu gesto agradável é meu direito DIVINO”. Uma novidade: sorrisos são conquistados. Então, conquiste um.

2. “Eita, ela deve estar naqueles dias”

i-will-end-you
“Eu vou acabar com você”

A não ser que você seja minha ginecologista, eu não quero ouvir NADA sobre a minha menstruação de você. Isso é uma forma errada de usar a biologia feminina contra ela mesma; é errado de todas as formas. Muitas mulheres não são impactadas emocionalmente pelos seus ciclos menstruais. E as mulheres que são, isso é algo químico. Humanos são afetados por suas químicas corporais O TEMPO TODO, e os homens têm hormônios e mudanças de humor e são emocionalmente afetados por suas químicas corporais também. Cheque suas ideias erradas sobre biologia e experiência humana antes, colega.

3. “Calma” ou “Relaxa”

tumblr_mwumhc7BPf1ql01e1o1_500
Eu escolho minhas batalhas cuidadosamente, então, se eu não estiver calma ou relaxada, significa que, independente do que está dando errado, NÃO faz sentido ficar calma e relaxada. Aí voltamos ao meu ponto anterior que as mulheres não tem permissão de sentirem coisas e tê-las reconhecidas como legítimas. Se você está tentando me fazer esquisita em relação à forma como eu lido meu poder emocional enquanto mulher, não vai funcionar.

4. “Você não tem classe/ não se dá ao respeito/ não é feminina:

"Alguém me passa uma bebida para eu jogar na sua cara"
“Alguém me passa uma bebida para eu jogar na sua cara”

E eu não me importo. Eu realmente não me importo. Você diz isso porque acha que eu ligo se eu não tenho classe/ não me dou ao respeito/ não sou feminina. Eu me importo de ser carinhosa, forte e esperta. Então, da próxima vez, tente me dar algo  que eu realmente me sinta mal.

5. “Homens sentem-se intimidados por mulheres poderosas”

tumblr_inline_n9ijqiy9eq1qah3r4

Adivinha quem mais se sente intimidado por uma mulher poderosa? TODO MUNDO. Quando você diz “seu trabalho maravilhoso vai amedrontar namorados em potencial”, está tentando fazer uma mulher sentir-se menor e menos ameaçadora. Não vai funcionar. A verdade é que as únicas pessoas em potencial que vão ficar com medo de seu trabalho maravilhoso são, provavelmente, pessoas horríveis. E quem quer isso? Ninguém.

6. “Você está falando demais”

Você tá brincando comigo?
“Você tá brincando comigo?”

Aqui vai outra explicação para o que estamos fazendo: estamos expressando nossas opiniões, estamos nos abrindo e sendo honestas sobre como nos sentimos. Parece que há um duplo padrão com isso. Mulheres são rotuladas (e auto-rotuladas) por falarem demais o tempo todo, enquanto homens escapam desse termo, embora eles sejam bem abertos e honestos sobre suas opiniões também. Nós meio que precisamos largar essa negatividade associada a abrir-se sobre nossos sentimentos. Não faz bem algum.

7. “Você parece cansada”

"Você é um saco"
“Você é um saco”

Sabe por que eu pareço cansada? Porque eu estou ralando para fazer coisas legais e estou tentando constantemente fazendo meu melhor para ter uma vida maravilhosa. Meu rosto está inchado, estou com olheiras, mas são OLHEIRAS DE ALEGRIA E INCHAÇO DE ORGULHO. Eu conheço pessoas (geralmente) que têm boas intenções quando dizem que estão preocupadas. Mas é meio que um tapa na cara tudo o que conquistamos e acho que é mais importante parecer ativa do que fazer coisas maravilhosamente cansativas. Tô só dizendo.

8. “Você é mandona/ agressiva/ sagaz”

"Eu não sou mandona. Eu sou a chefe"
“Eu não sou mandona. Eu sou a chefe”

Aqui vai um teste decisivo para verificar se você deve, ou não, usar um adjetivo. Você se sentiria CONFORTÁVEL usando esse adjetivo com homens e mulheres? Você chamaria um cara de mandão, de agressivo (não numa maneira física) ou sagaz? Se a resposta for não, você não deveria guardar para si suas palavras super especiais, super julgadoras somente com mulheres. Então aposente esses adjetivos do seu vocabulário, porque ninguém precisa delas.

Bacana, né? É mais uma forma de prestarmos atenção no que estamos dizendo. Mesmo com as melhores intenções, podemos estar oprimindo uma mulher. E acho que já chega disso.