Você já pensou em como se sente uma garota?

Você já pensou em como se sente uma garota?

A P&G lançou uma campanha para a marca de absorventes Always, que visa mudar a definição da frase “como uma menina”. Sempre utilizada como uma forma de diminuir uma pessoa, a proposta do vídeo é mostrar que não há nada de errado em fazer coisas como uma garota.

Várias pessoas foram chamadas para a gravação da campanha, entre elas um homem adulto, um garoto pequeno e meninas adolescentes e crianças. Quando a diretora pedia para fazer algo “como uma menina”, os mais velhos interpretavam as ações de forma estereotipada, ainda mais quando feitas pelos rapazes. O mesmo foi pedido para as meninas pequenas, que, sem pestanejar, diziam e agiam como era fazer algo “como uma menina”. Uma delas, quando perguntada o que era “correr como uma menina” respondeu na lata, “significa correr o mais rápido que eu puder”.

O objetivo da campanha é fazer com que coisas como uma menina ganhem um novo significado, sendo ligadas a coisas boas e grandes, e não para humilhar uma pessoa.

Batizada por #LikeaGirl, a campanha chama as meninas para empoderarem-se e participar do movimento. Ao final do vídeo, uma das meninas diz “Eu chuto como uma menina, eu nado como uma menina, eu ando como uma menina e eu acordo como uma menina, porque eu sou uma menina. E isso não é algo que eu deveria me envergonhar. Então, eu vou fazê-lo do mesmo jeito”. Isso aí, meninas!


Ainda nessa onda “coisas de meninas” e “coisas de meninos”, o site Elite Daily pediu para várias garotas escreverem o que fariam de diferente caso fossem garotos. A hashtag escolhida foi #IfIWereaBoy (Se eu fosse um garoto). Confira:

"Se eu fosse um garoto: eu apreciaria a capacidade das meninas demonstrarem seus sentimentos"
“Se eu fosse um garoto: eu apreciaria a capacidade das meninas demonstrarem seus sentimentos”
"Se eu fosse um garoto: eu nunca diria para uma garota sorrir"
“Se eu fosse um garoto: eu nunca diria para uma garota sorrir”
"Se eu fosse um garoto: eu não assumiria que pagar-lhe uma bebida significaria levá-la para casa comigo"
“Se eu fosse um garoto: eu não assumiria que pagar-lhe uma bebida significaria levá-la para casa comigo”
"Se eu fosse um garoto: eu não confundiria a gentileza de uma mulher com fraqueza"
“Se eu fosse um garoto: eu não confundiria a gentileza de uma mulher com fraqueza”

 


2 thoughts on “Você já pensou em como se sente uma garota?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *