O trailer de “Sorry to Bother You” vai fazer você rir e pensar

12. Março 2018 Cinema 0
O trailer de “Sorry to Bother You” vai fazer você rir e pensar

No ano passado, “Corra!” fez a gente se assustar e refletir sobre racismo. Um dos filmes mais inteligentes entre os indicados ao Oscar, o longa do diretor Jordan Peele levou o prêmio de Melhor Roteiro Adaptado e fez história no evento mais importante do cinema americano.

E se você gostou de “Corra!”, “Sorry to Bother You” (algo como “me desculpe incomodar”) talvez seja mais um a deixar sua marca no cinema. O filme do rapper Boots Riley marca sua estreia no cinema como diretor e roteirista, mas não faz uso do terror para falar sobre as delicadas relações de raça e identidade negra, mas o humor.

Ontem (11), a Annapurna Pictures (a mesma dos indicados ao Oscar “Trama Fantasma” e “Mulheres do Século XX”), divulgou o trailer de “Sorry to Bother You”, que traz Lakeith Stanfield (mesmo ator de “Corra!”, vale dizer) no papel principal, ao lado de Tessa Thompson (“Creed”). 

Stanfield é Cassius “Cash” Green, um atendente de telemarketing que vive na garagem da casa do seu tio Sergio (Terry Crews). Como dá para perceber, a vida do rapaz não é nada fácil e é sempre uma batalha vender algo pelo telefone. Então, seu colega de trabalho (o sempre incrível Danny Glover) ensina algo que pode ajudá-lo a se dar bem: imitar a voz de um homem branco. E a julgar pela prévia, isso dá muito certo para ele.

Cash logo começa a fazer muito dinheiro e a receber promoções na empresa onde trabalha, mas o sucesso atrapalha sua relação com Detroit (Tessa), com quem namora. Ela é ativista e se incomoda com a forma com que o protagonista vai ganhando a vida. E é aí que as coisas começam a complicar para ele, que também se vê sendo deixado de lado por seus colegas e amigos negros.

Armie Hammer (“Me Chame Pelo Seu Nome”) também está no elenco, dessa vez interpretando o CEO de uma empresa que parece fazer negócios sujos.

“Sorry to Bother You” estreou no Festival de Sundance desse ano, recebendo boas críticas da imprensa. Embora tenha sido lançado somente em 2018, as primeiras ideias para o filme surgiram em 2011. Boots Riley contou ao jornal Los Angeles Times que pensou que a produção nunca fosse feita, mas aqui está ela.

O longa chega aos cinemas dos Estados Unidos no dia 6 de julho.