Top #10 Montevidéu

Top #10 Montevidéu

Fechando os posts sobre meu turismo nas cidades onde fui de cruzeiro em abril deste ano, hoje o Top #10 será Montevidéu, capital do Uruguai, e última parada do navio Splendour of the Seas.

Eu brinquei com todo mundo que metade do meu coração ficou em Buenos Aires e a outra ficou em Montevidéu. Eu estava com muitas expectativas de ir para lá, e não me decepcionei. Assim como na Argentina, quero voltar para o Uruguai e passar mais tempo por lá, conhecer mais as pessoas e, quem sabe, até o Pepe Mujica. Sou fã dele!

Montevidéu é a capital e a maior cidade do Uruguai. Praticamente, metade do país vive lá, algo em torno de 1,3 milhões de habitantes. É lá onde se encontram a sede do Mercosul e da Associação Latino-Americana de Integração (ALADI).

Não é uma grande cidade, mas chama atenção pela arquitetura antiga e pelos monumentos. O ritmo de Montevidéu parece menos acelerado do que em Buenos Aires e os habitantes são muito gentis. Aliás, isso dever ser uma característica dos uruguaios em geral.
E agora, vamos ao Top #10!

#10 – Estádio Centenário:

Estádio Centenário Montevidéu
Estádio Centenário

Foto: http://www.estadiocentenario.com.uy/

Como eu não sou de futebol, o Estádio Centenário abre a lista. Ele foi inaugurado no dia 18 de julho de 1930, na data do 100º Aniversário da Primeira Constituição do Uruguai. Foi construído para sediar os jogos da Copa de 1930, mas apenas alguns jogos foram disputados nele, por conta de atrasos nas obras.
O estádio possui o Museu do Futebol Uruguaio, que fica aberto de segunda à sexta, das 10h às 17h.

#9 – Catedral Metropolitana de Montevidéu:

Interior da Catedral Metropolitana de Montevidéu
Interior da Catedral

A Catedral Metropolitana de Montevidéu fica na região da Cidade Velha, a região mais antiga da capital uruguaia. Foi construída em 1730 e inaugurada em 1740. Ela é bem grande e fica em frente à Praça Constituição (Plaza de la Constituición). É a principal igreja de Montevidéu. Muito bonita e carregada de história.

#8 – Praça Constituição (Plaza de la Constituición):

Plaza de la Constituición
Praça Constituição

A Praça Constituição fica em frente à Catedral e é a mais antiga de Montevidéu. O nome é uma homenagem à data de 18 de julho de 1830, quando se jurou ali a primeira Constituição do Uruguai. No centro da praça há uma fonte. Cada lado dela há uma data da história uruguaia, como a jura à Primeira Constituição, a Declaração de Independência do país e outras.

plaza de la constituición

A praça também possui um café, um Mc Donald’s, então, dá para aproveitar e fazer uma pausa e um lanche.

#7 – Cidade Velha:

Ciudad Vieja Montevideo
Cidade Velha

A Cidade Velha é a parte mais antiga da cidade de Montevidéu. Ela surgiu com o início da urbanização, em 1742. Passeando de carro ou a pé, é realmente gostoso passear pelas ruas. A arquitetura antiga chama atenção e até faz lembrar um pouco Buenos Aires. Só fique atento: na Cidade Antiga não tem semáforo, o que torna o trânsito bem confuso.

#6 – Mercado Agrícola de Montevidéu (MAM):

Mercado Agrícola de Montevidéu
Mercado Agrícola de Montevidéu

O Mercado Agrícola de Montevidéu é um passeio bem gostoso de se fazer. Para compras ou para comer, a visita vale a pena. Tem uma variedade de frutas e verduras frescos por lá, lojas de souvenir, de decoração, cafés e restaurantes. O passeio é especial e mega recomendado para famílias! Ah, e tem wi-fi livre! 😉

#5 – Palácio Legislativo:

Palacio Legislativo Uruguay
Palácio Legislativo

O Palácio Legislativo foi uma das maiores surpresas que eu tive no Uruguai. Me impressionei pelo tamanho: é gigante! Não esperava uma construção desse tamanho num país tão pequeno. E a arquitetura? Linda! Herança dos europeus para o país. Fiquei encantado!
O Palácio Legislativo, como o próprio nome diz, é onde os senadores trabalham. Foi inaugurado em 1925, no centenário da independência do país. As colunas e fachadas foram feitas a partir de mármore vindo da Grécia. Há visitas guiadas por ele.

#4 – Teatro Solís:

Teatro Solís
Teatro Solís

O Teatro Solís é o mais antigo da cidade, sendo inaugurado em 1856.Ele recebe esse nome por conta do navegante espanhol Juan Díaz Solís, comandante da primeira expedição européia a entrar no Rio Prata. Também há visitas guiadas no Teatro. No site, você encontra mais informações sobre as visitas e as peças em cartaz. Se você estiver por lá, aproveite para assistir a uma delas.

#3 – Parque José Batlle y Ordoñez:

Parque José Batlle y Ordóñez
Parque José Batlle y Ordóñez

O Parque José Batlle y Ordoñez tem esse nome em homenagem ao presidente de mesmo nome. Nela, há o monumento histórico (Montevidéu, assim como Buenos Aires, está cheia deles) La Carreta, feito de bronze com base de granito rosado. O Parque é bem verde, dá para sentar na grama (se o tempo estiver bom), apreciar a paisagem e sair um pouco do cinza da cidade, apesar de Montevidéu ser bem arborizada.

#2 – Mercado del  Puerto:

Mercado do Porto
Mercado do Porto

Foto: brasileirosnouruguai.com.br

O Mercado do Porto é realmente especial. Almoçar por lá é parada obrigatória para turista (eu e minha avó só não almoçamos, porque não deu tempo, infelizmente). Além de comer muito bem o churrasco típico uruguaio, há várias lojinhas que vendem de um tudo por ali. Numa delas consegui comprar camisetas de lembrança para meus irmãos por R$ 20,00 cada! Só dar uma fuçada, que você encontra bons preços.

#1 – Praça Independência (Plaza de la Independencia):

Praça Independência
Praça Independência

Programa de turista, mas vale muito a pena! A Praça Independência é a mais famosa praça de Montevidéu. Ela fica no limite da Cidade Velha e a Cidade Nova. No centro dela há a estátua em homenagem ao General José Gervasio Artigas, herói nacional. Embaixo dela há um mausoléu, que conta a história de Artigas. O mausoléu fica aberto ao público todos os dias.
Além da imponente estátua, em frente à Praça há o Palácio Salvo. Ele foi considerado o mais alto da América do Sul por muitos anos e foi desenhado pelo arquiteto italiano Mario Palanti.
Ao lado da Praça encontra-se a Torre Executiva, que abriga o Poder Executivo. Eu mal podia acreditar que eu estava a poucos metros do presidente do Uruguai, o Pepe Mujica. Infelizmente, não o vi, mas pelo que eu conversei com os uruguaios que conheci, a população parece gostar dele.
A Praça Independência fica na famosa Avenida 18 de Julho e é, realmente, must see para quem vai a Montevidéu.

Bom, esse foi meu Top 10 Montevidéu! Foi para lá e tem uma lista diferente da minha? Compartilhe comigo sua experiência!

Informações úteis:

 Voos para Montevidéu: a Tam, a Gol e a Aerolíneas Argentinas possuem voos para Montevidéu saindo de diversas capitais brasileiras. Vale a pena dar uma pesquisada para achar o melhor preço.

Dinheiro: assim como em Punta e em Buenos Aires, vários locais aceitam real e dólar. E assim como nas outras cidades, se você utilizar outra moeda para fazer compras, o troco vem sempre em peso uruguaio.

Temperatura: durante a baixa temporada, faz muito frio na cidade. Leve bastante casaco, ou aproveite para comprar um casaco de couro na cidade.

Montevidéu é uma cidade linda e os uruguaios são pessoas encantadoras. Como eu disse no começo do post, metade do coração ficou por lá, e eu já não vejo a hora de ir buscá-lo! Vá para Montevidéu e você vai entender o que eu digo. Boa viagem! 🙂


2 thoughts on “Top #10 Montevidéu”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *