Tem muito girl power no clipe “Dona da Minha Vida”, do Rouge

31. agosto 2018 POP 0
Tem muito girl power no clipe “Dona da Minha Vida”, do Rouge

Sem dúvidas, uma das melhores coisas que 2017 nos proporcionou foi o retorno do Rouge aos palcos. Mais de dez anos depois, Aline, Luciana, Fantine, Karin e Patrícia se reencontraram e trouxeram o single “Bailando”, em dezembro do ano passado, dando início à nova era da girl band. Hoje, o quinteto lançou uma nova música, junto de um clipe bem girl power: “Dona da Minha Vida”.

Já pelo nome da canção, é possível sentir que as cinco mulheres cantam sobre empoderamento, um tema em voga, e que grupos femininos conseguem fazer muito bem. Porém, diferente do ritmo sensual e dançante de “Bailando”, em “Dona da Minha Vida” as meninas apresentam uma balada com vocais poderosos e marcantes. A composição da faixa é do próprio Rouge e outros colaboradores – inclusive o Jão, que recentemente lançou o álbum “Lobos”.

Na letra, elas cantam sobre a superação de um relacionamento abusivo e a retomada da autoestima e de controle sobre a própria vida. “Eu mereço ter o que tirou de mim/Vou encontrar a saída/Porque eu sou dona da minha vida”, elas dizem em um dos trechos, rompendo com a manipulação e o ciclo de abuso que viviam.

O vídeo, dirigido por João Monteiro e Fernando Moraes,  mostra as artistas no topo de um prédio e mescla com imagens de mulheres em relacionamentos complicados, mas também recuperando a força interna para deixar para trás o passado. Ao final, elas lideram uma caminhada com mulheres e homens de diferentes corpos, cores e identidades de gênero. Com certeza, uma demonstração de apoio ao feminismo e à diversidade.

“Nós pensamos no que gostaríamos de dizer para o nosso público hoje, mostrar quem somos”, disse Patricia ao site F5. “Foram 16 anos desde que começamos, nós amadurecemos e sentimos a necessidade de mostrar isso no nosso discurso, na nossa imagem, na nossa postura e na nossa música”.

Elas também disseram à publicação que o feminismo ‘fortalece a banda’ e que a idade ajudou cada uma delas a se sentir mais segura de si.

“Ser referência para alguém, é algo muito sério porque não somos perfeitas”, completou Patricia. “Somos seres humanos e às vezes erramos também, é bom que os fãs vejam isso, que se identifiquem e sintam-se no direito de errar também, de recomeçar, tentar de novo”.

Assista “Dona da Minha Vida” abaixo: