Spotify lança movimento musical com artistas muçulmanos a fim de combater a xenofobia

Spotify lança movimento musical com artistas muçulmanos a fim de combater a xenofobia

No começo do ano, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, suspendeu a entrada de imigrantes de seis nações majoritariamente muçulmanas e de refugiados no país. A medida foi barrada pouco tempo depois, porém, em julho, a Suprema Corte americana permitiu que o chefe da Casa Branca colocasse em prática parte de seu veto migratório.

Para se manifestar contra essa decisão, o Spotify lançou um movimento musical contra a xenofobia, chamado “I’m With The Banned” (“eu estou com os banidos”, em português), que conta com músicas, vídeos e um documentário feito por artistas americanos em parceria com seis artistas vindos dos países atingidos pela decisão de Trump.

Os cantores americanos são K.Flay, Pusha T, Desiigner, X Ambassador’s Sam Harris, BJ The Chicago Kid e Blue Note’s Dr. Lonnie Smith, que se juntaram aos artistas Kasra V (do Irã), Moh Flow (da Síria), Waayaha Cusub (da Somália), Methal (do Iêmen), Sufyvn (do Sudão) e Ahmed Fakroun (da Líbia).  

Segundo a plataforma de streaming de músicas, o objetivo é “amplificar as vozes das pessoas e comunidades que foram silenciadas”.

O projeto foi filmado em Toronto, no Canadá, tocando em temas próximos a cada um dos participantes da iniciativa, como a imigração e direitos LGBT, e mostra as histórias individuais de cada um dos artistas estrangeiros até as parcerias musicais, que acabam se tornando “um ponto universal de conexão”.

O resultado dessas experiências foi transformado em uma série de pequenos vídeos, que juntos formam um documentário, o qual será liberado no final do ano.

“É importante para mim, como americano, dizer que não acredito nisso [na política anti-imigração]”, disse K.Flay ao Spotify. “Fazer parte desse projeto não me deu apenas a oportunidade de demonstrar apoio àqueles que foram banidos, mas fazer música em um ambiente colaborativo lindo e maluco”.

Acima, há uma playlist com os vídeos lançados até o momento e, abaixo, está uma playlist com as músicas criadas pelos artistas envolvidos na campanha “I’m With The Banned”.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *