Sam Smith e Calvin Harris fazem uma bonita homenagem aos ballrooms, espaços de expressão LGBT

08. setembro 2018 POP 0
Sam Smith e Calvin Harris fazem uma bonita homenagem aos ballrooms, espaços de expressão LGBT

Calvin Harris e Sam Smith podem não ser bons com alianças douradas, mas sabem fazer uma boa música juntos. Em agosto, a dupla lançou “Promises”, primeira parceria dos artistas, que possui uma batida contagiante e trata de uma relação que, mesmo que não tenha futuro, é possível aproveitá-la agora.

Na última terça-feira (4), a dupla lançou o clipe para a canção – fazendo uma bonita homenagem aos ballrooms, locais de expressão e cultura LGBT, da década de 80, quando a perseguição contra lésbicas, gays, bissexuais e pessoas trans era ainda maior. Para combinar, toda a estética do vídeo é oitentista, desde os figurinos até a filmagem. 

Em “Promises”, Calvin Harris pouco aparece. Já Sam Smith dança, ri e se diverte ao lado de dançarinos, os quais dançam e recriam a cena ballroom, que também pode ser vista no seriado “Pose”, criado por Ryan Murphy. É tudo muito bonito, colorido, extravagante, elegante e poderoso, como era de se esperar em um trabalho com essa temática.

“Nunca me diverti tanto gravando um clipe”, comentou Smith no Twitter. É fácil entender o motivo da alegria do cantor – eu só queria ter sido convidado também.

“Muito além de uma simples festa, a ballroom era e ainda é um espaço de acolhimento, um lugar seguro onde essas pessoas que viviam diariamente às margens da sociedade poderiam, ao menos por uma noite, se sentirem bem consigo mesmos”, escreveu Lúcio Souza, um estudante de jornalismo, em um texto sobre os ballrooms da década de 80. “Essa cultura surgiu na periferia americana como uma válvula de escape para a comunidade LGBT que sentia necessidade de um espaço onde pudessem ser eles mesmos”. 

Mais do que ser eles mesmos, os locais ainda celebravam suas existências, como afirma Kevin, um dos dançarinos presentes no clipe de “Promises”, dirigido por  Emil Nava. Dançarino e corógrafo, Kevin fazia parte da cena do ballroom e ficou conhecido depois de participar da “Blond Ambition Tour”, da Madonna, e já trabalhou com grandes nomes do entretenimento, como Prince, Michael Jackson, Beyoncé e Cher. A Billboard ainda listou outros nomes dos dançarinos que participaram do vídeo: Jamari 007, Dashaun Lanvin​, Carlos Lanvin​ e Kia Labeija.

O ballroom tem conquistado mais espaço na mídia depois do lançamento do seriado “Pose”, criado por Ryan Murphy. A produção se passa na cidade de Nova York da década de 80, e acompanha o cenário LGBT da época, mostrando como a comunidade, especialmente mulheres trans e gays negros e latinos, se organizavam no período.

Assista ao clipe de “Promises” acima.