Representatividade importa no novo comercial da Vivo

04. setembro 2018 Internet 0
Representatividade importa no novo comercial da Vivo

Quando se é negro, é difícil se ver representado em filmes, novelas, seriados e comerciais de televisão. E quando isso finalmente acontece, não é difícil que role campanhas contrárias na internet, como aconteceu com uma propaganda d’O Boticário para o Dia dos Pais, por exemplo.

Ainda assim, os tempos são outros e as coisas estão mudando. Se antes era difícil ver uma menina negra com seu cabelo natural em um anúncio, no novo comercial da Vivo isso já é uma realidade. E o melhor: ela demonstra ter orgulho da sua coroa. 

No fim de agosto, a empresa colocou nas redes sociais seu novo filme, chamado “Penteado”, no qual uma garotinha negra aprende a amar seus fios crespos. A propaganda abre com a menina em frente ao espelho esticando seu cabelo e vendo imagens de mulheres negras com o cabelo alisado. O pai vê a cena pela porta entreaberta e decide agir. Quando a filha senta para tomar o café da manhã, ele coloca um vídeo de uma mulher negra com um black power cantando em seu iPad.

Quando a garota chega do colégio, ela encontra o pai assistindo uma atleta negra, também com seu cabelo natural, levantando a taça de campeã de um torneio. E antes de colocá-la para dormir, os dois assistem a um filme de uma personagem negra, a qual porta com orgulho seu cabelo crespo. De manhã, ela substitui a imagem de uma moça branca, de olhos azuis e cabelos lisos, por uma fotografia de uma mulher negra com seus cachos. Vendo tantas imagens positivas, a menina decide deixar de prender seu cabelo e o exibe orgulhosa para o pai. “Gostou?”, ela pergunta a ele, que responde a ela apenas com um sorriso de alegria.

A população negra é maioria no Brasil – mais de 54% da população – mas ainda se vê pouco representada na mídia. Um levantamento recente, que analisou 1.822 comerciais de TV, trouxe um triste resultado: mulheres negras representam somente 16% das personagens em comerciais de TV. Contudo, os filmes publicitários evoluíram na questão do cabelo: 65% deles trazem mulheres com seus cabelos naturais, sejam eles ondulados, cacheados e crespos.

No Youtube, o novo comercial da Vivo rendeu muitos comentários positivos e de elogio à marca. Porém, a quantidade de dislikes já é um terço das avaliações do vídeo, o que mostra que, por mais que as coisas evoluam, o racismo ainda não ficou no passado.

Assista ao comercial abaixo – e prepare-se para se emocionar.