Por que foi importante para Selena Gomez tirar um tempo para cuidar de sua saúde mental

22. março 2017 Famosos 0
Por que foi importante para Selena Gomez tirar um tempo para cuidar de sua saúde mental

No ano passado, Selena Gomez fez uma pausa em sua carreira, cancelando mais de 30 shows que teria de fazer com a turnê “Revival”, com a qual divulgava seu último álbum de estúdio, lançado no final de 2015. O motivo para o break era o tratamento para a ansiedade e depressão, efeitos colaterais do lúpus, doença que a cantora possui.

Entre agosto e novembro, a artista saiu dos holofotes e deu entrada em uma clínica psiquiátrica. No Instagram, rede social em que é a pessoa mais seguida, nenhum post foi feito. Sua primeira aparição pública aconteceu no American Music Awards (AMAs), no final de 2016, quando recebeu o prêmio de Artista Feminina de Pop/Rock. Na ocasião, ela fez um discurso emocionado sobre viver com depressão e a importância de ser autêntica consigo mesma.

Agora, mais forte, Selena estampa a capa da revista Vogue, e falou abertamente sobre a importância de cuidar de sua saúde mental. A voz de “Same Old Love” admitiu que nem sempre se sentiu merecedora do sucesso que fez ao longo de sua trajetória na televisão, cinema e na música.

Para quem começou trabalhando bem pequena em “Barney & Seus Amigos”, depois protagonizou “Os Feiticeiros de Waverly Place”, fez outros projetos maiores e vendeu milhões de discos, qualquer um diria que o sucesso é o resultado de um trabalho duro. Mas não era assim que a artista se sentia.

“Minha mãe abriu mão de sua vida por mim [por anos, ela foi empresária de Selena]. De onde nós somos, você nunca vai embora. Então, quando tudo ficou maior, uma culpa veio junto. Eu mereço isso?”, disse a cantora para a publicação, acrescentando que a atuação permite que ela possa esquecer o mundo e seus problemas, mas é em cima de um palco que as coisas mudam, já que há centenas de milhares de pessoas olhando para ela. “É esquisito estar ali e todo mundo saber onde você esteve na noite passada. Eu já chorei no palco mais vezes do que consigo contar. E eu não fico bem chorando”, brincou.

E embora todos possam assumir que a vida de uma celebridade é cheia de glamour, isso é só o que nos é permitido ver. As fotos do Instagram não contam a história toda.

“Turnês são muito solitárias para mim. Minha autoestima foi abalada. Eu estava deprimida, ansiosa e comecei a ter ataques de pânico antes ou depois de subir ao palco”, explicou. “Basicamente, eu não me sentia boa o bastante, nem mesmo capaz o bastante. Eu sentia que não estava dando nada aos meus fãs e eles podia ver isso, o que eu acho que era uma completa distorção. Eu estava muito acostumada a me apresentar para crianças. Nos shows, eu costumava fazer com que a plateia prometesse que não iriam permitir ninguém fazer com que eles não se sentissem bons o bastante. De repente, eu vejo pessoas fumando e bebendo nos meus shows, pessoas com seus 20 ou 30 anos. Eu olho nos olhos delas e não sei o que dizer. Eu não podia dizer: ‘galera, vamos prometer que vocês são lindos’. Não funciona assim e eu sei disso porque eu estava lidando com as mesmas merdas que elas estavam. Mas eu não estava descobrindo nada, por isso, sentia que não tinha nenhuma sabedoria para oferecer. E eu achava que, talvez, as pessoas estivessem pensando: ‘isso é uma perda de tempo'”.

Foi aí que a cantora parou tudo, inclusive a postar nas redes sociais, para poder cuidar de si mesma. Seu tratamento envolvia terapias individuais e em grupo, e até com cavalos. Nada de celulares ou algo que pudesse deixá-la ansiosa.

“Você não faz ideia do quão incrível foi ficar com seis meninas”, afirmou Selena para a Vogue. “Pessoas de verdade, que não davam a mínima para quem eu era, mas que estavam lutando por suas vidas. Foi uma das coisas mais difíceis que eu já fiz, mas foi a melhor coisa que eu fiz.

“Quando eu me tornei a pessoa mais seguida do Instagram, eu surtei. Virou algo que me consumiu muito. Eu acordava e dormia nele. Eu estava viciada e via coisas que eu não queria ver, eu colocava coisas na minha cabeça que eu não precisava me importar. Eu sempre acabava me sentindo horrível ao olhar para o Instagram. É por isso que estou um pouco afastada, apenas observando um pouco”, confessou a cantora, que mal tem publicado na rede social e nem possui mais o app em seu celular.

Atualmente, a dona do hit “The Heart Wants What It Wants” não tem planos para participar de nenhum filme, mas o seriado “13 Reasons Why”, do qual é produtora-executiva, será lançado no final de março na Netflix, e a música feita em colaboração com o DJ Kygo, “It Ain’t Me”, já pode ser escutada. Ela está de volta ao estúdio, mas garante que não está com pressa para lançar um novo disco.

“Para uma mudança, parece que eu não preciso mais ficar ansiosa e esperando para alguém julgar um trabalho que eu estou fazendo. Não estou com pressa. Não tenho algo para me apressar”, confessou.

E embora um novo álbum leve um tempo, ela disse à publicação que deverá viajar em breve. Será que vem uma turnê por aí? Ainda não sabemos, mas que seja o melhor para a cantora! E já que estamos falando da Vogue também, olha como a Selena tá linda nessas fotos: