Por dentro da maravilhosa trilha sonora de Guardiões da Galáxia

03. setembro 2014 Cinema, POP 0

Já foi assistir o novo filme da Marvel, ‘Guardiões da Galáxia’? Caso ainda não, corra para o cinema, porque o filme ainda deve estar em cartaz. Pega o trailer:

Sou fã de carteirinha dos filmes dos super-heróis da Marvel. Faço questão de ir ao cinema assistir a todos, porque dificilmente me decepciono. E com ‘Guardiões da Galáxia’ não foi diferente. O filme é muito bom e foi um dos queridinhos da crítica, que ainda o consideraram o melhor filme da Marvel. Vai vendo! 🙂

Mas além de ser incrível, a trilha sonora é um show à parte. Não sei se é porque adoro ouvir às regravações que o Glee faz no seriado, mas canções antigas têm despertado muito a minha atenção.

No filme, Peter Quill, que se auto-intitula ‘Star Lord’, possui um toca-fita, com músicas dos anos 70, que sua mãe gravou para ele. É sua única lembrança dela e de sua vida na Terra (não darei mais spoiler). As canções foram muito bem escolhidas. Não é à toa que a coleção de músicas é chamada de “Awesome Hits vol 1” (algo como Músicas Incríveis volume 1)

O diretor James Gunn contou à revista Rolling Stone (em inglês), que sempre gravou músicas em fitas para dar de presente. “Eu passei minha vida toda procurando compulsivamente músicas e gravando vários tipos de fitas para meus irmãos, amigos e namoradas. Eu acho que essa trilha sonora era uma oportunidade de fazer um CD misto para o mundo todo”.

Bom, vamos ao que interessa:

Blue Swede – Hooked On a Feeling

A Blue Swede foi uma banda de rock dos anos 70. ‘Hooked On a Feeling’ é uma das músicas mais conhecidas do grupo e toca várias vezes no filme.

Raspberries – Go All The Way

Com certeza você já ouviu ‘Go All The Way”. Do contrário, dê play e curta esse clássico do Raspberries, lançado originalmente em 72.

Norman Greenbaum – Spirit In The Sky

Essa eu realmente não conhecia. ‘Spirit In The Sky’ foi escrita pelo próprio Norman Greenbaum e lançada em 1969 e ficou por 15 semanas em primeiro lugar nas paradas americanas.

David Bowie – Moonage Daydream

‘Moonage Daydream’ faz parte do álbum ‘The Rise and Fall of Ziggy Stardust and the Spiders From Mars’, de David Bowie. É considerado até hoje um dos melhores álbuns dos anos 70.

Elvis Bishop – Fooled Around And Felt in Love

A música faz parte do álbum ‘Struttin’ My Stuff’, lançado em 1975. Uma curiosidade sobre a música: Elvis Bishop não faz a voz principal da música, pois, à época, achou que seu tom de voz grave não faria justiça à canção. O cantor chamou seu backing vocal Mickey Thomas para cantá-la.

10CC – I’m Not in Love

C-L-Á-S-S-I-C-O-! Quem nunca ouviu ‘I’m Not in Love’? A música é de 1975 e já foi trilha sonora de outro filme: Bridget Jones: No Limite da Razão.

Jackson 5 – I Want You Back

Como não se apaixonar por Jackson 5, né? A música ‘I Want You Back’ foi lançada em 1969 e alcançou o topo das paradas americanas.

Redbone – Come and Get Your Love

A música colabora a dar um ar divertido ao filme. O grupo Redbone é formado por índios nativos americanos, que conseguiram um bom sucesso durante o tempo em que a banda estava ativa.

The Runaways – Cherry Bomb

A música é de autoria de Joan Jett e Kim Fowley e foi lançada em 1976. Para quem não sabe, as meninas de The Runaways formaram a primeira banda de punk rock a fazer sucesso.

Rupert Holmes – Escape (The Piña Colada Song)

Outra música clássica. ‘Escape’ faz parte do álbum ‘Partners in Crime’, de 1979. Como não escutá-la e ficar mais relaxado?

The Five Stairsteps – O-O-H Child

‘O-O-H Child’ foi lançada em 1970 e é um dos clássicos da música soul americana.

Marvin Gaye & Tammi Terrell – Ain’t No Mountain High Enough

A música fecha o filme e é a minha preferida. Foi lançada em 1967 e já foi regravada por vários artistas, como Diana Ross.

Qual a sua preferida?


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *