Algumas pessoas parecem confusas sobre o uso da camisinha

08. setembro 2017 POP 0
Algumas pessoas parecem confusas sobre o uso da camisinha

Na última quarta-feira (6), Pabllo Vittar lançou o clipe de “Corpo Sensual”, faixa que integra seu primeiro álbum, “Vai Passar Mal”, e que é uma parceria com Mateus Carrilho, da Banda Uó.

No vídeo, os dois vivem um casal pra lá de apaixonado e sensualizam muito durante os quase 3 minutos da produção, que já conta com mais de 7 milhões de visualizações até o momento. Depois dos sucessos de “K.O.” e “Sua Cara”, não há dúvidas de que a drag queen sabe fazer hits.

E é justamente por conta do fenômeno que a cantora é, que o Ministério da Saúde fez uma colaboração com ela seu novo clipe. Em uma das cenas, Pabllo aparece com uma camisinha, em um esforço de lembrar o público, especialmente os jovens, de se prevenir nas relações sexuais.

“A escolha da Pabllo para esse novo passo de divulgação não foi à toa. Ela é uma das maiores artistas da atualidade, tem grande aceitação entre os jovens e conversa diretamente com o público a ser atingido pela campanha da camisinha”, informou o órgão, segundo o Estadão

É ótimo que uma estrela como Pabllo Vittar use sua grande plataforma para levar uma mensagem de conscientização, mas nem todo mundo parece ter entendido a proposta do uso do preservativo no clipe de “Corpo Sensual”. Nos comentários postados, algumas pessoas parecem confusas sobre o uso da camisinha. 

“Pra que a camisinha? Pabllo também engravida?”

Esses comentários, embora tentem ridicularizar Pabllo Vittar, ilustram por que ainda precisamos falar sobre a importância do uso do preservativo na hora do sexo. E é por isso que faço esse post. Em vez de rir de quem escreveu as mensagens acima, prefiro o caminho da informação.

Primeiramente, não são apenas héteros que precisam usar preservativo quando vão transar. Embora a camisinha seja uma boa forma de impedir uma gravidez indesejada, ela também impede a contaminação de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), como o HIV. E veja bem, qualquer um pode ser infectado por ele.

De acordo com um relatório recente da UNAIDS, divulgado em junho deste ano, o Brasil tinha 830.000 pessoas vivendo com HIV em 2016. Somente no ano passado, estima-se que 48.000 tenham sido infectadas no país. Na América Latina, enquanto alguns países apresentaram queda no número de novas infecções, o Brasil teve um aumento de 3%. 

Segundo o Ministério da Saúde, os novos casos de HIV foram maiores entre a população mais jovem. Entre garotos do sexo masculino com 15 a 19 anos, o número de novas infecções foi de 6,9 casos por 100 mil habitantes, e entre os jovens de 20 a 24 anos, a taxa é de 33,1 casos por 100 mil habitantes.

Com esses números em mente, faz muito sentido colocar Pabllo Vittar para lembrar os jovens de usar camisinha, afinal, eles compõe a grande maioria de seu público. Não é só para prevenir uma gravidez que o preservativo serve, mas também para evitar a contaminação pela AIDS e outras doenças sexualmente transmissíveis, como a clamídia, herpes genital, HPV e sífilis.

E vale dizer, que essas enfermidades não estão restritas a homossexuais, como muitos ainda costumam acreditar. Todo mundo que tenha uma vida sexual ativa pode contrair alguma DST. Por isso, antes de passar mal com o corpo sensual do crush, faça como a Pabllo Vittar e use camisinha. A sua saúde agradece.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *