Paola Carosella inspira e dará curso de gastronomia para pessoas trans

16. novembro 2017 Famosos 0
Paola Carosella inspira e dará curso de gastronomia para pessoas trans

Uma das juradas mais adoradas pelo público do “Masterchef”, Paola Carosella deu exemplo de humanidade. Ela ministrará um curso de gastronomia para pessoas trans em São Paulo, cuja primeira turma será formada por 25 transexuais que participam do Transcidadania, projeto da prefeitura da capital paulista.

Segundo o Huffington Post, a iniciativa é uma parceria da própria chef com seu sócio, Benny Goldberg, o Ministério Público do Trabalho em São Paulo (MPT-SP) e a Organização Internacional do Trabalho (OIT), sendo destinada a travestis e transexuais em situação de vulnerabilidade social. As aulas são chamadas de “sessões de acolhimento”, divididas em 9 módulos, que têm como objetivo ensinar aos novos ajudantes de cozinha coisas como lidar com os resíduos até como funciona a câmara fria e a estocagem de alimentos.

“Vamos ensinar pratos básicos como arroz e feijão”, disse Paola no evento de lançamento do projeto na última sexta-feira (10). Além de aprender a trabalhar na cozinha de um restaurante, os alunos aprenderão também “o que é uma jornada de trabalho, o que se considera hora extra, como se lê um holerite”, completou a chef.

De acordo com o MPT-SP, o nome do oficial do programa será escolhido pelos 25 alunos e é o primeiro de uma série de iniciativas que ainda virão. O curso foi todo montado por Carosella e seu sócio, os quais atuam de maneira totalmente voluntária. Depois das aulas, as pessoas trans poderão ser contratadas por empresas interessadas.
Essa é uma ação muito positiva, pois ajuda a retirar travestis, homens e mulheres transexuais da marginalidade. Segundo a Articulação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra), 90% das pessoas trans estão na prostituição, uma realidade que foi imposta à maioria delas, por conta da transfobia. A atitude Paola é ainda admirável, já que é um exemplo prático de como utilizar seus privilégios para ajudar o próximo e romper com o ciclo de exclusão e violência contra a população trans.
O Transcidadania é um projeto da prefeitura de São Paulo, destinado a “oferecer condições e trajetórias de recuperação de oportunidades de vida para travestis e transexuais em situação de vulnerabilidade social”, através de um auxílio financeiro de R$ R$ 983,55, condicionado a atividades de conclusão de escolaridade e formação profissional para o mercado de trabalho . A iniciativa teve início em 2015, durante a gestão do então prefeito da cidade, Fernando Haddad.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *