Kylie Minogue não permitiu que beijo gay fosse cortado do clipe “All The Lovers”

06. Abril 2017 POP 0
Kylie Minogue não permitiu que beijo gay fosse cortado do clipe “All The Lovers”

Já faz quase 7 anos desde que Kylie Minogue lançou o icônico clipe para “All The Lovers”, música que serviu de primeiro single para o álbum “Aphrodite”, lançado em 2010.

O vídeo é uma celebração do amor em toda a sua glória e suas formas, reunindo casais hétero e homossexuais, e traz a cantora australiana como uma espécie de deusa, sendo erguida por uma pirâmide de pessoas, que vão se beijando e se amontoando umas sobre as outras.

“All The Lovers”, segundo a própria artista, é uma homenagens aos seus fãs LGBT, que a apoiaram em toda sua carreira.

“Eu disse que estava bem com tudo isso, mas que não poderia ser explícito. Eu não quero provocar um choque de valores”, ela contou à Reuters. “Se você ver quem vai aos meus shows, há todo os tipos de pessoas”.

E o diretor do clipe, Joseph Khan, que já trabalhou com Britney Spears e Taylor Swift, revelou recentemente que foi pedido à australiana que as cenas em que casais gays e de lésbicas trocam beijos fossem cortadas, para que ele pudesse ser exibido em algum país em que a homossexualidade, provavelmente, não é permitida.

“Um país nos pediu para que o beijo gay fosse cortado de ‘All The Lovers’. Kylie Minogue disse ‘não’. Não houve comunicado à imprensa. Ela é maravilhosa”, ele escreveu no Twitter, sem citar o nome da nação que pediu uma versão editada do vídeo.

Esse não foi o único gesto de apoio de Kylie à comunidade LGBT. No ano passado, ela e seu noivo afirmaram que não se casariam até que o casamento entre pessoas do mesmo sexo fosse legalizado na Austrália, seu país de origem, e ambos têm participado de campanhas para que ele seja, enfim, aprovado.

Rainha faz assim mesmo, né mores?


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *