Katy Perry faz uma bonita homenagem à vereadora e ativista Marielle Franco em show no Rio de Janeiro

19. março 2018 POP 1
Katy Perry faz uma bonita homenagem à vereadora e ativista Marielle Franco em show no Rio de Janeiro

Katy Perry passou a semana pelo Brasil, onde fez show em três cidades: Porto Alegre (14), São Paulo (17) e Rio de Janeiro (18). Em cada uma delas, a cantora levou não apenas um bonito espetáculo (eu estive no show de SP), mas seu carisma e seus hits do passado e da era “Witness”.

Desde quando veio pela primeira vez ao país, em 2011, a artista demonstrou amar os brasileiros, o que ela deixou claro mais uma vez. As demonstrações de afeto vão desde elogios, até dividir o palco com Gretchen e mostrar-se preocupada com a situação política do país.

Prova deste último aconteceu nesse último domingo, durante o show na capital carioca, quando fez uma homenagem à vereadora e ativista pelos direitos humanos Mirelle Franco (PSOL-RJ), assassinada na última quarta-feira (14). Antes de cantar “Unconditionally”, Katy disse:

“Não importa onde você viva ou de onde venha; se veio das favelas ou de parques caros, não importa quem você seja ou quem ame ou a cor da sua pele: essa próxima música é para vocês. É sobre amor incondicional”, anunciou. Ao final da performance, o telão mostrou uma imagem de Marielle.

Em seguida, ela chamou ao palco a irmã da vereadora, Anielle Franco, e sua filha, Luyara Franco. Ao lado das duas, ela pediu um momento de silêncio ao público, para depois dizer às duas:

“Eu queria dizer a vocês, da minha equipe, do meu país, os Estados Unidos, que nós estamos com vocês. Estamos juntos em solidariedade e nós amamos vocês. Nossos corações estão partidos. E nós vemos vocês”, falou a cantora. Depois, ela passou o microfone para Anielle, que agradeceu a oportunidade, e completou: “obrigada, gente, por toda força. A gente tá recebendo milhares de mensagens. Obrigada por esse momento. E a gente espera justiça. Eu não posso me alongar, mas eu quero agradecer em nome de toda a família. Marielle, presente! Anderson, presente”.

Luyara não conteve as lágrimas, assim como o público presente, e Katy pediu a ela para que “mantenha a sua luz brilhando” pela mãe, e depois a abraçou.

As duas conversaram com o jornal O Globo, contando como aconteceu essa homenagem a Marielle.

“Ela soube do crime ontem (sábado), em São Paulo, quando foi ao Museu Afro Brasil (no Ibirapuera) e quis prestar essa homenagem”, contou Anielle à publicação. “Não é política, é uma questão de humanidade. O caso já é global, até o Papa Francisco falou a respeito. A Katy falou que a morte da minha irmã vai iniciar uma revolução, que ela sempre será lembrada”.

Luyara disse que a mãe gostava das músicas de Katy Perry, apesar de não saber inglês tão bem.

“Ela não era muito boa no inglês, mas tentava cantar, principalmente ‘I Kissed a Girl’, porque tinha a ver com ela, né?”, disse a menina, em referência à relação de Marielle com a arquiteta Monica Tereza Benício.

Marielle Franco foi morta na última quarta-feira (14), depois de participar do evento “Mulheres Negras Movendo Estruturas”, junto de seu motorista Anderson Pedro Gomes. Quinta vereadora mais votada do Rio de Janeiro em 2016, ela coordenou a Comissão de Defesa dos Direitos Humanos e Cidadania da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), e era relatora da comissão que investigava a intervenção federal na cidade.