Janelle Monae e P!nk dão ótimas respostas aos fiscais do corpo feminino

14. abril 2015 POP 0
Janelle Monae e P!nk dão ótimas respostas aos fiscais do corpo feminino

As cantoras americanas Janelle Monae e P!nk foram alvos recentes dos fiscais do corpo feminino. Mas assim como várias outras mulheres, deram ótimas respostas a quem ainda acha que pode dizer ou preferir algo sobre o corpo delas.

Janelle é uma mulher negra que usa ternos e é cheia de estilo e atitude. A voz de “Tightrope” não segue a linha “sexy” de suas companheiras na indústria da música. E isso incomoda. Principalmente os homens. E um desses descontentes foi ao Twitter reclamar: “Menina, deixe de ser tão profunda e seja sexy. Estou cansado desses ternos. Você é boa, mas muito profunda, cara”.

janelle monae twitter

Janelle não deixou por menos e mandou essa:

Legenda: “Fica de boa. Não estou aqui para o consumo masculino”.

O usuário apagou os tweets, e pediu desculpas à cantora depois.

Como lembra o site Mic., os ternos são a marca registrada de Janelle Monae, que explicou o motivo de usá-los durante o evento “Black Girls Rock!”, de 2012.

“Quando eu comecei minha carreira musica, eu era uma empregada. Eu limpava casas. Meus pais, minha mãe era uma zeladora orgulhosa. Meu padrasto, que me criou como se fosse sua filha, trabalhava num correio e meu pai era lixeiro – mas todos usavam uniformes. E é por isso que eu estou aqui em cima hoje, usando meu uniforme preto e branco como forma de homenageá-los”.

Mas não foi só ela que mandou um recado. P!nk, foi mais uma criticada, dessa vez por parecer “fora de forma” (o que quer que isso seja). Ao comparecer a um evento no sábado, a cantora foi alvo dos incansáveis fiscais do corpo feminino, que afirmaram que ela estava gorda.

Legenda: Foto de P!nk de mãos dadas com a filha e vestida num vestido preto longo. Na foto ela escreve: “Willow me disse outro dia, enquanto apertava minha barriga: ‘mãe, por que você é tão mole?’. E eu disse ‘porque eu sou feliz, querida'”.

Estando gorda ou não, isso é algo que não faz diferença alguma. Mas com tantos comentários sobre seu corpo, a cantora escreveu uma nota aos seus seguidores e haters, onde diz estar muito feliz.

Legenda: “Eu percebi que alguns de vocês estão muito preocupados comigo em relação ao meu peso. Vocês estão se referindo às fotos do evento beneficente de ontem à noite em que eu fui para apoiar minha querida amiga, Dr. Maggie DiNome. Ela recebeu um prêmio por seus esforços incansáveis e sua contribuição na erradicação do câncer. Mas, infelizmente, meu peso pareceu muito mais importante para alguns de vocês. Admito que aquele vestido não ficou tão fotogênico quanto na minha cozinha. Mas eu também admito que me senti bonita. Na verdade, linda. Então, minhas boas e preocupadas pessoas, parem de se preocupar comigo. Eu não estou preocupada comigo. E eu também não estou preocupada com vocês :)… Eu estou perfeitamente bem, perfeitamente feliz e meu saudável, sensual e incrivelmente forte corpo está tendo um muito merecido descanso. Obrigado pela preocupação. Com amor, ‘cheesecake’.”

Ótima respostas, não? Só para não perder o timing, a cantora Pitty passou por algo similar na semana passada, após postar uma foto em seu Instagram. Por estar magra (pois é, nunca está bom), várias pessoas foram comentar a imagem. Em um tweet, a roqueira respondeu:

Legenda: “E o ‘prefiro cheinha’, ‘prefiro magra’, ‘prefiro verde’, ‘prefiro azul’… Posso EU preferir qualquer coisa sobre meu corpo? Obrigada”.

Gorda demais, magra demais, séria demais, sexy demais… Vamos deixar as mulheres decidirem como querem viver suas vidas e seus corpos? Vamos!