Ian Somerhalder jogou fora as pílulas anticoncepcionais de Nikki Reed sem que ela soubesse – e isso não é engraçado

28. setembro 2017 Famosos 0
Ian Somerhalder jogou fora as pílulas anticoncepcionais de Nikki Reed sem que ela soubesse – e isso não é engraçado

Na semana passada, o ator Ian Somerhalder e sua esposa, a atriz Nikki Reed, participaram de um podcast sobre gravidez, o “Dr. Berlin’s Informed Pregnancy”, no qual falaram sobre o processo do casal para poder ter filhos.

“Era interessante. Eu não sabia se queria filhos. Eu amo crianças, mas eu não tinha certeza se eu queria ser mãe. Eu não sabia”, disse Nikki, depois do marido contar a história de como se conheceram e como Ian queria começou a falar de filhos dois meses depois que começaram a namorar. “A verdade é que eu nunca conheci ninguém mais certo do que queria. Tudo o que eu fiz na minha vida, eu sempre fiz de forma acelerada. Eu achava que fazia rápido. E pela primeira vez eu disse: ‘vou fazer as coisas com calma'”.

Somerhalder se justificou, dizendo que havia encontrado em Reed a parceira certa. Aos 35 anos quando se conheceram, ele achava que as coisas não poderiam ficar melhores do que já estavam. 

E é aí que as coisas se complicam, pois o apresentador do podcast, Dr. Berlin, pergunta ao casal quando “vocês realmente decidiram ter um filho”.

“Eu posso dizer”, respondeu Ian, seguido pela esposa. “Quando você jogou fora minhas pílulas anticoncepcionais! Isso foi muito presunçoso”. O ator então continua dizendo que eles foram para Barcelona com um casal de amigos e todos decidiram ter filhos na mesma época. Para tal, todos deveriam engravidar juntos, inclusive Nikki, que tomava anticoncepcionais.

“Mas, sem o conhecimento da pobre Nikki, ela não percebeu que eu peguei a bolsa dela, tirei as pílulas… A propósito, era o começo da embalagem, então, eu tive que tirar todos os remédios dali”, contou o artista. “Tem um vídeo dela onde ela aparece surtando. O mais legal é que há um vídeo meu segurando um punhado desses anticoncepcionais. Lindsey [amiga do casal] está entrevistando Nikki, perguntando: ‘como você está se sentindo’. E ela colocou o vídeo em slow motion e você vê as pílulas indo embora bem devagar pela privada”.

O Buzzfeed reforçou a insistência de Somerhalder em dizer que fez o que fez sem a permissão de Nikki, sua esposa. “Na verdade, pensando bem, acho que fui eu quem decidiu começar uma família”.

Essa pode parecer mais uma história divertida de um casal de celebridades, mas ela não tem nada de engraçada. Jogar fora os anticoncepcionais de uma mulher, seja ela sua namorada, esposa, irmã, mãe ou amiga sem o consentimento dela, é um gesto nada legal. A atitude de Ian Somerhalder soa muito como coerção reprodutiva (quando uma mulher é forçada a engravidar contra a sua vontade), como algumas pessoas no Twitter apontaram.

Mas, além disso, esse é um tipo de ação inaceitável, pois viola o direito de escolha da mulher, já que é ela quem escolhe como e quando quer engravidar. Mesmo que os dois riam dessa história, ela é um exemplo de irresponsabilidade e de quebra de confiança em alguém que se ama.

Obviamente, as palavras do casal repercutiram negativamente na internet. Nikki se manifestou em seguida, dizendo que “os direitos femininos importam” e que a mídia havia interpretado errado as palavras do marido, mas depois soltou uma nota com o Ian, pedindo desculpas a “quem sofreu coerção reprodutiva”.

“A todos que sofreram com a coerção reprodutiva, nós sentimos muito”, diz o comunicado. “Esse é um problema extremamente sério e os direitos das mulheres são muito importantes para ambos. É algo que falamos bastante e próximo de nossos corações. Nós nunca esperávamos que uma entrevista em que nós brincamos um com o outro e que era sobre como nós escolhermos juntos quando engravidar, um momento divertido em Barcelona com dois dos nossos melhores amigos e a antecipação do começo da nossa jornada juntos, quando fomos de dois para três, se tornasse algo que representasse um assunto muito sério. Porém, se isso joga luz em um tópico que definitivamente merece atenção, então, nós ficamos agradecidos com a consequência não intencional. É uma vergonha que sites escolham essa forma para tratar uma discussão tão séria, já que não somos as pessoas qualificadas para ser os rostos desse tópico. Somos duas pessoas casadas e felizes que escolheram juntas ter um bebê. Fim”.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *