Hayley Kiyoko e Kehlani fazem o sonho de todo LGBTQ no clipe de “What I Need”

31. maio 2018 POP 0
Hayley Kiyoko e Kehlani fazem o sonho de todo LGBTQ no clipe de “What I Need”

Hayley Kiyoko é uma artista de verdade e um ícone lésbico. Ela lançou hoje (31), o clipe de “What I Need”, música que tem a participação de Kehlani, presente em seu primeiro álbum de estúdio “Expectations”. E no vídeo, ambas realizam o sonho de filme de todo LGBTQ.

Tudo começa com Kehlani deixando a casa onde vive com sua tia. Elas brigam, pois a mulher é homofóbica e abusiva, e deve acreditar que ser lésbica é algum tipo de pecado ou crime. A menina deixa a família para trás e cai na estrada com Kiyoko, e as duas vivem uma história que eu pagaria para ver no cinema.

Elas bebem, flertam, viajam longas horas em um carro antigo, que quebra e obriga a dupla a caminhar pela estrada. Elas conseguem subir na traseira de uma caminhonete, cujo dono para e oferece uma carona para as duas, mas com um interesse maior no que pode conseguir delas em vez de uma gentileza genuína. Kehlani aceita e deixa uma confusa Hayley para trás, apenas para mudar de ideia quilômetros depois e largar o veículo e correr para os braços da Jesus lésbica. Elas ainda dão um beijaço digno de produções de Hollywood.

“What I Need” é um vídeo lindo, dirigido pela própria Hayley, e emocionante. É esse o tipo de história LGBTQ que a gente quer ver por aí!

Tanto Hayley quanto Kehlani são abertamente queer, e isso torna o vídeo das duas ainda mais impactante e bonito. Temos aqui a celebração do amor entre mulheres, as quais manifestam esse sentimento da maneira mais sincera possível. O final feliz do casal é de preencher o coração, pois ainda é raro ver algo assim acontecer em produções LGBTQ.

E a química das duas em cena também funcionou fora das telas. Kyioko contou à revista GQ que Kehlani sempre a apoiou e que queria muito fazer uma música com ela.

“Eu estou obcecada por ela”, admitiu Hayley. “Se eu pudesse cantar com ela, nós seríamos ótimas juntas. Eu disse: ‘meu Deus, essa seria uma ótima combinação’. Nós escrevemos essa música em quatro horas. Eu venho tentando trabalhar com ela por um ano e meio, pois eu sou muito fã dela. Ela foi uma das primeiras artistas a me apoiar e disse: ‘você é incrível’. E isso significa muito. Foi uma colaboração onde trabalhamos meio a meio. Foi muito fácil e fluiu muito bem”.

Estamos entrando na metade de 2018 e temos Hayley Kyoko, Kehlani, Janelle Monáe e Troye Sivan, quatro artistas assumidamente LGBTQ, fazendo sucesso na música pop. Eu mal posso esperar para ver o que mais esse ano tem a mostrar!