Frank Ocean vestiu uma camiseta contra a LGBTfobia e racismo – e nós queremos uma igual

31. julho 2017 Estilo 0
Frank Ocean vestiu uma camiseta contra a LGBTfobia e racismo – e nós queremos uma igual

O que não faltam são motivos para amar Frank Ocean: além de fazer ótimas músicas, o cantor também é assumidamente bissexual e defensor dos direitos da comunidade LGBT. No ano passado, ele condenou o ataque à boate Pulse, em Orlando, onde 49 pessoas morreram em uma boate gay, mas lembrou que ainda há muita gente que também não gostaria de viver em um mundo com gays, lésbicas, bissexuais e pessoas trans.

“Muitos nos odeiam e queriam que nós não existíssemos. Muitos ficam irritados com nosso desejo de nos casarmos como todo mundo ou usar o banheiro correto como todo mundo. Muitos não veem problema em transmitir os mesmos velhos valores que enviam milhares de crianças à depressão suicida todos os anos”, escreveu a voz de “Thinkin Bout You” em seu Tumblr.

E Frank Ocean levou seu apoio aos LGBTs a um novo patamar em sua apresentação no Panorama Music Festival, realizado na última sexta-feira (28), na cidade de Nova York. O músico subiu ao palco vestindo uma camiseta que dizia: “por que ser racista, machista, homofóbico ou transfóbico, quando você poderia ficar quieto?” 

EU.👏 NÃO. 👏CONSIGO. 👏PARAR. 👏DE. 👏APLAUDIR. 👏

Agora, se você quer saber onde Frank Ocean tem comprado suas roupas, eu estou aqui para te ajudar a renovar o seu guarda-roupa. A “brusinha” utilizada pelo músico é da designer Kayla Robinson, uma garota de apenas 18 anos, que possui uma linha de roupas, as quais possuem mensagens com causas sociais.

“Mulheres bem comportadas raramente fazem história”, “mudanças climáticas são reais. Trump é que é uma fraude”, “se óvulos fertilizados são ‘pessoas’ e refugiados não, nós temos um problema” e “calma lá com a sua misoginia” são algumas das frases que estampam as camisetas da marca de Kayla, chamada Green Box Shop.

“Eu comecei esse negócio em maio de 2016, em um apartamento pequeno (morando com a minha mãe). Quando eu não consegui encontrar camisetas com mensagens de justiça social na internet, que realmente chamassem a atenção das pessoas, eu decidi fazer as minhas e vendê-las para levantar dinheiro para tirar meu certificado de professora de yoga. Sou uma afro-latina de 18 anos, bissexual, que não consegue se resumir com uma frase clichê”, escreveu a designer em seu site.

Sua linha de roupas é linda e inteligente ao mesmo tempo, o que com certeza chamou a atenção de Frank Ocean. Quando Kayla soube que o músico usou uma de suas peças no show de sexta passada, ela teve a mesma reação que qualquer um de nós teria: ela surtou.

Tradução: “1. Eu estou chorando de verdade, porque o próprio Senhor está vestindo uma criação minha. 2. Se você vir alguma dessas fotos, por favor, marque a nossa loja, porque eu odiaria ver cópias sendo creditadas. Obrigada”.

Na verdade, ele não foi o único a reparar na Green Box Shop. A atriz Zendaya, que está nos cinemas com o filme “Homem-Aranha: De Volta ao Lar”, também já deu uma passada pela loja online e deu seu apoio. “Comprando todas as camisetas agora”, escreveu a artista no Twitter.

Para quem se interessar, a camiseta usada por Frank Ocean está sendo vendida por 19 dólares, mas é seguro afirmar que ela deve se esgotar logo logo. É melhor correr!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *