Em um longo texto, Kesha diz que a questão é muito maior do que ela

24. Fevereiro 2016 Famosos 0
Em um longo texto, Kesha diz que a questão é muito maior do que ela

Até terça-feira (23), Kesha manteve-se em silêncio após perder, na última sexta (19), a primeira liminar do processo que move contra o produtor Dr. Luke, o qual ela acusa de abusos mentais, físicos e sexuais. Uma juíza determinou que a cantora deve concluir o contrato de mais seis discos que possui com ele.

Durante o final de semana, diversos artistas e o público demonstraram apoio a ela, subindo as tags #FreeKesha e #SonySupportsRape. Taylor Swift chegou a doar o equivalente a um milhão de reais para que a voz de “Tik Tok” seja capaz de pagar pelos custos do processo.

Ontem, ela compartilhou uma foto sua com a seguinte legenda: “Minha gratidão vai além das palavras. Obrigada não é o bastante, mas é tudo o que eu tenho. Eu agradeço um milhão de vezes e para sempre. O apoio que eu tenho recebido tem feito lágrimas caírem no meu rosto. Eu amo muito vocês. Uma declaração bem grande está por vir…”

A questão é muito maior do que a música: é sobre a proteção de todas as mulheres, vítimas dos mais diversos tipos de abuso. Se a justiça falha em proteger uma celebridade, como uma mulher comum pode se sentir segura?

Hoje, conforme prometido, Kesha escreveu um longo texto em sua página no Facebook. Ela disse entender que a questão é maior do que ela, mas “infelizmente, acho que meu caso não dá às pessoas que foram abusadas confiança para se manifestarem.”

Crimes envolvendo violência sexual são pouco reportados: apenas 10%, segundo o Anuário Brasileiro de Segurança Pública de 2015. E de acordo com uma organização pelo fim desse tipo de agressão, apenas 2% dos estupradores são presos. Ou seja, um crime pouco notificado somado a uma punição que raramente acontece, resulta num cenário desencorajador para as vítimas dessa violência tentarem realizar uma denúncia.

Kesha também agradeceu, mais uma vez, o apoio de todo mundo que ficou ao seu lado, e pediu para que as vítimas de abuso sexual, apesar de seu caso não ser positivo, não terem medo de realizar uma denúncia. “Eu estarei do seu lado e atrás de você”, escreveu a cantora.

Confira o texto abaixo:

I’m so, so beyond humbled and thankful for all of the support I’vereceived from everyone. Words cannot really express…

Publicado por Kesha em Quarta, 24 de fevereiro de 2016

Tradução:

“Estou muito além de agradecida e acanhada com tanto apoio que recebi de todos. As palavras não conseguem expressar as emoções que passei lendo e vendo o quão maravilhosos todos estão sendo comigo. Não consigo acreditar que tantas pessoas, no mundo todo, tiraram um tempo para me apoiar e dar amor. Aos artistas que sabiam que estavam arriscando suas carreiras ao me apoiarem, serei eternamente grata.

Tudo o que eu queria era ser capaz de fazer música sem medo ou abusada. Esse caso nunca foi sobre renegociar meu contrato –  nunca foi sobre ser um contrato maior ou melhor.É sobre ser livre do meu abusador. Eu adoraria trabalhar com a Sony, se eles fizessem a coisa certa e quebrassem todas as cordas que me ligam ao meu abusador.

Mas a esse ponto, a questão é muito maior do que eu.

Penso nas jovens meninas de hoje. Eu não quero que minha filha – ou a sua filha -, ou qualquer pessoa, tenha medo de ser punida caso manifestem-se sobre terem sido abusadas, especialmente se seus abusadores estiverem em uma posição de poder.

Infelizmente, acho que meu caso não dá às pessoas que foram abusadas confiança para se manifestarem, e isso é um problema.

Mas eu queria dizer que se você foi abusada, por favor, não tenha medo de falar. Há lugares que vão te fazer sentir-se segura. Há pessoas que vão te ajudar. Eu estarei do seu lado e atrás de você. Agora eu sei como é tudo isso e lutarei sempre por você, da mesma maneira que estranhos têm lutado por mim.

Sim, eu sou muito feminista, mas mais do que isso, sou uma humanista. Acredito no apoio a outros seres humanos para estarem SEGUROS.

Estamos todos juntos nessa. Você não está sozinha.

Eu te amo e obrigada.”

Tags:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *