Em campanha para o Dia das Mães, a Dove incentiva a doação de leite materno

Em campanha para o Dia das Mães, a Dove incentiva a doação de leite materno

Para o Dia das Mães deste ano, a Dove está incentivando a doação de leite materno, um alimento importante para o desenvolvimento de bebês. E para ajudar a divulgar a iniciativa, a marca fez um emocionante vídeo com histórias reais de mães que tiveram seus filhos prematuros, e os quais conseguiram sobreviver graças ao leite materno.

“A doação de leite é a coisa mais incrível que existe”, diz Fabiana, mãe da Rafaela, que nasceu prematura de 28 semanas. “Pode salvar o filho de alguém que não tenha leite, também, para aquele momento”.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), o leite materno possui 160 substâncias que são vitais para as crianças, como proteínas, carboidratos e gorduras, além de anticorpos e glóbulos brancos. Bebês nascidos prematuros têm uma chance maior de conseguir uma recuperação mais rápida ao consumi-lo.

A campanha da Dove está no ar desde o dia 9 de maio, e foi feita em parceria com o Hospital Maternidade Leonor Mendes de Barros, em São Paulo. Além da iniciativa, a empresa ainda fez um portal online para que as mães possam tirar dúvidas sobre a importância da doação de leite, como fazer e onde doar o leite coletado. Para facilitar a entrega do leite para os bancos, a Dove se uniu com o Uber, que, por meio do código promocional DOELEITEMATERNO, oferece R$ 15 de desconto na ida e na volta.

Segundo o site criado pela marca, o Brasil é referência mundial na doação de leite materno. O país possui 72,9% dos bancos de leite do mundo todo e tem a maior quantidade de doadoras. Porém, mesmo com números expressivos, é possível fazer mais. Isso porque apenas 60% da demanda nacional consegue ser suprida.

A doação é um ato de amor e generosidade, que ajuda a salvar crianças em todo o país. Essa é uma campanha que nós podemos apoiar 100%! E se você ainda estiver com dúvidas, acesse o site doeleitematerno.com.br e conheça as histórias de Ana Paula, mãe da Alícia; Francisca, mãe dos gêmeos Gabriel e Rafael; e Fabiana, mãe da Rafaela. Todos os bebês nasceram prematuros e receberam leite materno.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *