Elle Fanning vive garoto transgênero em ‘About Ray’

10. agosto 2015 Cinema 0
Elle Fanning vive garoto transgênero em ‘About Ray’

Pessoas transgênero finalmente estão conquistando a visibilidade que merecem e precisam. Seriados como Orange Is The New Black”, o extinto “Glee”, “Transparent” e “I Am Cait” são exemplos positivos de representações de uma comunidade que vive à margem da sociedade, silenciada e invisibilizada. Além das séries, Laverne Cox, Caitlyn Jenner, Thammy Miranda, Vivinay BeleboniMaria Clara Araújo e Daniela Andrade tem ajudado a pautar a mídia, não só com suas histórias, mas denunciando a violência ao qual pessoas trans estão submetidas no cotidiano.

No cinema, contudo, produções sobre pessoas transgênero ainda são poucas. Uma das estreias deste ano é ‘About Ray’, estrelado pela atriz Elle Fanning, protagonizando o personagem que dá nome ao filme. O longa conta a história de transição de Ray, ainda na adolescência, e a adequação da família a quem ele realmente é.

Confira o trailer:

A história lembra o relato de Mariana Munhão à revista Época, na qual contou sobre a transição de seu filho Luan, de 15 anos. “Amar, estar perto e acompanhar é o que vai fazer com que todo o resto fique mais fácil. A importância de entender as questões de gênero é muito grande. Quando as conhecemos é mais fácil identificar essa situação”, diz a mãe para o semanário.

No filme, a mãe também quer ficar por perto do filho, diferente do pai, que foi ausente e abandonou a família quando Ray ainda era um bebê. Contudo, é preciso da assinatura dele para que o garoto possa fazer sua transição. O longa também retrata como a transição afeta as relações familiares. A avó a chama, em diversos momentos de lésbica, a mãe ainda usa pronomes femininos, mas demonstra total apoio e amor ao filho. “Ray é a única boa decisão que já tomei na vida”, ela diz em um dos trechos apresentados.

“About Ray” tem um elenco poderoso. Além de Elle Fanning, Naomi Watts, Susan Sarandon, Tate Donovan, Linda Edmond (“Julie&Julia”) e Sam Trammell. A direção é assinada por Gaby Delleal, diretora de “Angels Crest”, e o roteiro é de Nikole Beckwith (“Stockholm, Pennsylvania”). O filme estreia no dia 18 de setembro nos Estados Unidos.