É possível que “Procurando Dory” tenha o primeiro casal de lésbicas da Disney/Pixar

É possível que “Procurando Dory” tenha o primeiro casal de lésbicas da Disney/Pixar

Pouco tempo depois de uma campanha para que a princesa Elsa, da animação “Frozen” arrumasse uma namorada na sequência do filme, parece que a internet virá seus sonhos serem realizados, mas em outra produção da Disney.

Desde a semana passada está no ar um novo trailer de “Procurando Dory” e, ao que parece, é possível que vejamos o primeiro casal de lésbicas da Disney/Pixar. Na prévia, uma menininha é atropelada por um carrinho de bebê e deixa seu copo cair. Duas mulheres o pegam para ela e se assustam ao verem um polvo enrolado em um pano e com uma chupeta na boca.

Confira a partir da marca de 1:06:

É tudo muito rápido e difícil de afirmar se elas são, de fato, um casal, mas a internet já está torcendo para que sejam.

Obviamente há quem seja contra a ideia de um casal de lésbicas em um filme, ainda mais um infantil. Mas só um lembrete: a dubladora original da Dory em inglês, Ellen DeGeneres, é uma lésbica assumida e orgulhosa. E agora?

Ainda assim, mesmo que essa teoria se confirme, LGBTs precisam de uma visibilidade maior do que 2 segundos. A Disney, inclusive, foi criticada pela GLAAD, ONG que monitora a representação de gays, lésbicas, bissexuais e pessoas trans na mídia dos Estados Unidos, por não ter apresentado qualquer personagem LGBT em uma de suas produções cinematográficas em 2015. Portanto, é preciso fazer mais do que exibir duas mulheres por pouquíssimo tempo, sem nem ao menos deixar qual o tipo de relacionamento entre elas. Talvez isso seja esclarecido na animação.

Mas se podemos ter qualquer esperança, pode ser um primeiro passo e um pequeno sinal de que a empresa está disposta a ser mais inclusiva, como pregou ao ameaçar cancelar filmagens na Geórgia, caso uma lei anti-LGBT fosse aprovada no Estado. E indo além, quem sabe esse gesto, não abre portas para uma namorada para a princesa Elsa? Idina Menzel, dubladora da personagem, já demonstrou seu apoio à campanha que teve início na internet. “Acho que é ótimo. A Disney precisa estar contente com isso. Vou deixá-los descobrir. Não importa o quê, Elsa mudou minha vida.”

“Procurando Dory” deve chegar aos cinemas no dia 30 de junho.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *