Desfile de Ronaldo Fraga leva para as passarelas da SPFW apenas mulheres trans

27. outubro 2016 Moda 0
Desfile de Ronaldo Fraga leva para as passarelas da SPFW apenas mulheres trans

Depois de um desfile incrível apresentado pela LAB, do rapper Emicida e seu irmão Evandro Fióti, foi a vez do designer Ronaldo Fraga levar às passarelas da São Paulo Fashion Week mais representatividade.

(Imagens de destaque: via FFW).

Ontem (26), no Theatro São Pedro, ele apresentou sua nova coleção para o outono/inverno 2017, batizada de “El Dia Que Me Quieras”, uma referência a um espaço criado pelo estilista Ney Galvão, localizado em Itabuna, no interior da Bahia, e que era frequentado pelas travestis da década 70. E no palco do maior evento de moda da América Latina, apenas mulheres trans desfilaram, vestindo peças iguais, mudando apenas as estampas, que foram inspiradas em bonecas de papel.

“Hoje me senti valorizada e percebi que a luta das transexuais não é em vão”, comemorou a cantora Danna Lisboa, uma das modelos, em entrevista à revista ELLE. “Um desfile como esse não dá voz só a mim, mas sim a todas as trans. É preciso falar sobre a nossa resistência e questionar onde fazemos guerra e onde fazemos paz”.

Ronaldo Fraga, que é conhecido por tratar de temas políticos em suas criações, contou à mesma publicação que seu objetivo era dar visibilidade a um grupo tão marginalizado no Brasil.

“Falamos hoje de um grupo que é dizimado no Brasil. São estatísticas que colocam o país no topo do ranking das nações que mais matam travestis e trans no mundo. Mas ninguém faz nada sobre isso”, disse o designer à ELLE. “A média de vida de uma trans no Brasil é de 35 anos. Elas morrem devido à violência, suicídio ou pelo tratamento errado de fundo de quintal com hormônios. E ninguém fala nada. Elas saem das escolas aos 10 anos de idade por conta de bullying e não voltam mais. Não dá mais para ignorar isso”.

#SPFW "El dia que me quieras" de @fragaronaldo! N42 Outubro / 2016 foto: @marcelosoubhia @agfotosite

A photo posted by Danna Lisboa (@dannalisboaoficial) on

De acordo com o NLucon, site especializado em visibilidade e discussão de questões de pessoas trans, Fraga comentou alguns deslizes em suas falas, referindo-se às travestis no masculino (o correto é sempre no feminino), mas acabou sendo corrigido pelas modelos e pedindo desculpas em seguida; além de ter dito que mulheres trans seriam “homens que se veem como mulheres”, quando elas são, de fato, mulheres. Para a ELLE, ele já havia demonstrado esse “deslize”. “Se ser mulher hoje em dia já é difícil, imagina ser um homem cuja alma feminina está presa em um corpo que não combina com aquilo”, contou.

Mas se ele errou em algumas palavras, acertou em dar visibilidade às mulheres trans. Segundo uma pesquisa da ONG Transgender Europe, o Brasil é o país que mais mata travestis e transexuais no mundo, tendo registrado 604 mortes entre janeiro de 2008 e março de 2014.

Além do fato, é preciso lembrar do apagamento de modelos trans na indústria da moda. Por exemplo, nenhuma mulher trans figurou na lista das 20 modelos mais bem pagas do mundo, elaborada pela Forbes. E é fácil de se entender o motivo: elas recebem pouquíssimas oportunidades, quando comparadas com modelos cisgêneras (que não são trans).

De acordo com um levantamento feito pelo site FashionSpot, que analisou 236 anúncios feitos nas campanhas da primavera 2016, verificou-se que mulheres trans foram vistas em apenas 0,2% deles. Nas passarelas das Semanas de Moda de Nova York, Paris, Londres e Milão, durante a temporada de outono, elas foram somente 8 das 8.727 modelos que desfilaram.

Ou seja, a moda tem um problema sério de falta de diversidade e inclusão, que é o que Ronaldo Fraga espera ajudar a mudar com seu desfile na São Paulo Fashion Week.

“Eu espero que isso aqui plante uma semente em uma país onde pessoas como o Bolsonaro só crescem. Não dá para brincar com essa nuvem negra que está tomando conta do mundo”, concluiu o designer à revista ELLE.

#spfwn42 #spfw2016 #ronaldofraga Desfile @ronaldofraga Beleza @realmarcoscosta

A photo posted by ?Melissa Alonso? (@uberstripperella) on

Ainda sobre ontem… #spfwtransn42 para @fragaronaldo

A photo posted by Melissa Paixão® (@melissapaixao) on

Catwalk @fragaronaldo ❤️ #spfwtransn42 #spfw16 #model #carolmarra #ronaldofraga

A photo posted by Carol Marra ♛ (@anacarolmarra) on

Orgulho!!! ?

A photo posted by Isabella Pascolatto (@heyisabarbie) on


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *