Debra Messing fez um pedido para voltar ao seriado “Will & Grace”: sua personagem tinha que ser feminista

29. setembro 2017 Televisão 0
Debra Messing fez um pedido para voltar ao seriado “Will & Grace”: sua personagem tinha que ser feminista

Onze anos desde o último episódio de “Will & Grace”, o seriado vai voltar ao ar, trazendo novamente Debra Messing no papel de Grace, Eric McCormack como Will, Megan Mullally como Karen, e Sean Hayes como Jack. É um reencontro muito esperado pelos fãs da série, que fez um enorme sucesso na década de 90.

O primeiro episódio da nova temporada saiu ontem (28), e para o revival, Debra tinha um pedido para sua personagem: ela tinha que ser feminista.

“A única coisa que eu pedi foi para que a Grace fosse feminista”, afirmou a atriz durante um painel no Festival de Tribeca, acrescentando que levou um tempo para voltar à personagem. “Levou um tempo. Acho que a linguagem estava lá e eu e meu corpo percebemos isso logo. Mas já se passaram 11 anos e eu estava um pouco tentada. Eventualmente, a partir de um certo episódio, eu relaxei e pensei: ‘okay, ela está de volta'”.

É um pedido justo e positivo, que se alinha não só ao tempo em que vivemos, mas também aos valores da própria Debra Messing, que também é feminista. No começo do ano, ela foi uma das artistas que compareceu à Marcha das Mulheres nos Estados Unidos, um protesto contra o governo de Donald Trump.

“O que eu espero é que isso envie uma mensagem de que nós vamos lutar e defender os direitos civis, constitucionais e humanos de cada cidadão do nosso país, e nós resistiremos ativamente contra qualquer tentativa de acabar com qualquer um desses direitos”, disse a atriz para a Vanity Fair. “Acho que essa é uma declaração que mostra com o que nos preocupamos, o que é importante para nós e isso é o que vale a pena lutar e defender”.

E não só Grace será feminista, mas o seriado também ganhará mais uma renovação muito bem-vinda. “Will & Grace”, que sempre foi considerada inovadora por apresentar um personagem gay no núcleo principal, apresentará mais questões LGBT em sua nova temporada.

“Antes, LGB, nós paramos no B. E hoje, 11 anos depois, a conversa se expandiu. Temos T, A, I e gênero fluido e todas essas coisas que agora estão finalmente sendo celebradas na nossa cultura”, disse Debra ao Vulture. “O que nos comprometemos uns com os outros foi que nós seríamos o show que sempre fomos. Vamos falar sobre coisas que estão acontecendo agora”.

Ainda não há data de estreia para “Will & Grace” no Brasil, mas a série já foi renovada para mais uma temporada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *