Danai Gurira acredita que o mundo está pronto para um super-herói negro – e nós também

24. julho 2017 Cinema 0
Danai Gurira acredita que o mundo está pronto para um super-herói negro – e nós também

O mundo está mais do que pronto para um filme de super-herói negro. É o que acredita Danai Gurira – e nós também – em uma entrevista concedida à revista Variety durante a Comic Con, evento de cultura pop realizado na cidade americana de San Diego.

A atriz, que está no elenco de “Pantera Negra”, como Okoye, chefe das forças especiais de segurança [um time totalmente composto por mulheres] de T’Challa (Chadwick Boseman), disse à publicação que cresceu sem ver pessoas negras como heróis em filmes, e que o momento atual é mais do que apropriado para isso.

“É empolgante. Eu cresci sem ver esses tipos de representação”, começou a artista. “Estou animada para ver esses jovens negros vendo esse tipo de representação. Para mim, isso é o que importa. Uma das executivas da Marvel disse isso para mim agora pouco. Ela estava falando sobre esses lindas crianças e que isso é sobre as experiências que elas terão. Só isso já me deixa feliz.

E, honestamente, a troca que o mundo fará sobre essa história não-contada de africanos, que vivem sua verdade e seu orgulho de ser, sua auto-expressão e seu desejo de defender o que acham que é certo. Eu acho que o que a Marvel está fazendo é maravilhoso e incrível. As respostas que já estamos recebendo foram lindas. E acho que as pessoas estão prontas”.

'Black Panther': Danai Gurira on Black Superhero

"The world is ready." – Danai Gurira on Black Panther and the first black superhero film

Posted by Variety on Saturday, July 22, 2017

Em outra entrevista, dessa vez para a revista Entertainment Weekly, Danai Gurira deu mais detalhes sobre sua personagem no filme do “Pantera Negra”.

“Ela é uma mulher extremamente orgulhosa de ter nascido em Wakanda [terra fictícia de “PN”]. Ela tem orgulho de seu povo, de seu país e de suas origens”, revelou. “Ela é ligada ao que é, ao que foi e como as coisas funcionam em Wakanda. Como fizemos as coisas e como elas devem ser preservadas”.

E já que toda a equipe de segurança de T’Challa, o super-herói “Pantera Negra”, é composto por mulheres, é fácil pensar que Wakanda é muito mais aberto às mulheres do que o nosso mundo real. Ou seja, a gente pode esperar boas doses de muito girl power por aí!

“Eles não são utópicos, mas o que Wakanda fez bem foi honrar as pessoas, ao permitir que elas funcionem de acordo com suas forças. Essas mulheres estão funcionando de acordo com suas próprias forças. A força delas é preservar Wakanda em uma Força Especial. É mais como um Serviço Secreto que é, também, sobre inteligência, e não apenas militar. A Okoye é chefe da inteligência. Ela é uma mulher ocupada”.

Enquanto a gente pode esperar fortes personagens femininas no filme, esqueça um relacionamento amoroso entre elas. Nos quadrinhos, Okoye e Ayo (papel que é de Florence Kasumba) são assumidamente lésbicas, mas isso não será transferido para o cinema, como um representante da Marvel já avisou.

“Um representante da Marvel disse que a natureza do relacionamento entre a Okoye de Danai Gurira e a Ayo de Florence Kasumba em ‘Pantera Negra’ não é romântico, e a específica história de amor dos quadrinhos ‘Worlds of Wakanda’ não foi usada como fonte”.

Talvez mais para frente possamos ver personagens LGBT em histórias se super-heróis. Por enquanto, podemos ao menos ficar contentes em ver mulheres negras destemidas em cena.

“Pantera Negra” chega aos cinemas em fevereiro de 2018.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *