Conheça o som da banda indie Bastille

27. julho 2014 POP 2

Talvez não seja novidade para algumas pessoas. Mas se você, assim como eu, nunca tinha ouvido o som da banda Bastille, aqui vai um pouco da música deles. Música indie viciante, já aviso de antemão.

O grupo formou-se em 2010, em Londres, na Inglaterra. Inicialmente, era um projeto do vocalista, Dan Smith, que também é o compositor das canções. Mais tarde, decidiu formar a banda (para a nossa sorte), que conta com Chris Wood , William Farquarson e Kyle Simmons. O nome Bastille, é uma homenagem ao Dia da Bastilha, 14 de julho, que também é aniversário do vocalista. A Bastilha, para quem não lembra das aulas de história, era uma prisão e foi tomada durante a Revolução Francesa e virou símbolo dessa revolução.

O primeiro álbum deles é o “Bad Blood”, lançado em março de 2013, e logo alcançou o primeiro lugar nas vendas de álbuns no Reino Unido, permanecendo lá por 3 semanas não consecutivas.

bad blood prosa livre

Desse álbum saíram os singles “Overjoyed”, “Bad Blood”, “Flaws”, “Pompeii”, “Laura Palmer” e “Things We Lost in the Fire”. A música “Pompeii” talvez seja a música mais conhecida da banda. O seriado americano Glee até fez uma versão dela para o último episódio da 5ª temporada.

A canção é sobre a cidade de Pompéia, na Itália, que sumiu do mapa após a erupção do vulcão Vesúvio.

Uma das músicas que eu mais gosto é “Flaws”, que recebeu duas versões de videoclipes.

Mas o álbum possui ainda outras músicas super bacanas e lindas, como é o caso de “Oblivion”, que ganhou até vídeo e é estrelado por ninguém mais, ninguém menos que Sophie Turner, a Sansa Stark do seriado “Game of Thrones”.

Em novembro de 2013, a banda lançou uma versão estendida do primeiro álbum, o “All This Bad Blood”. Nele há o single “Of The Night”.

O som do Bastille é um indie muito bom, gostoso mesmo. Atualmente eles estão trabalhando num segundo álbum. Numa entrevista para a MTV, a banda disse que quer muito tocar na América do Sul. Eu já não vejo a hora! E vocês?

Você pode escutar o “Bad Blood” e o “All This Bad Blood” por streaming no Spotify e no Deezer. Os álbuns também estão disponíveis para download no iTunes.