Como Zendaya mudou o jogo dentro da Disney

Como Zendaya mudou o jogo dentro da Disney

Zendaya está prestes a fazer sua estreia nos cinemas com o filme “Homem-Aranha: De Volta ao Lar”, o qual tem sido muito elogiado pela crítica especializada, que viu o longa antes do lançamento oficial. Com certeza, a atriz já está começando com o pé direito nas telonas.

Mas não se engane: ela não é um rosto novo em Hollywood. Zendaya já coleciona vários papéis na televisão, inclusive o seriado “Agente K.C.”, do canal Disney Channel, no qual vive a protagonista K.C. Cooper. No ar há dois anos com a série, e com um papel de destaque no novo filme da Marvel, seria apenas natural que ela fosse capa da revista Vogue americana. Sim, isso aconteceu. E, sim, ela arrasou (como sempre).

Para a edição de julho, a artista recordou quando começou a atuar, o incidente no Oscar de 2015, seu início na televisão e como mudou o jogo dentro da Disney. Se você acha que a atriz parece uma garota cheia de atitude na frente das câmeras, saiba que ela é assim atrás delas também. Quando foi conversar com os executivos da empresa do Mickey Mouse, Zendaya sabia bem o que queria e como queria que as coisas acontecessem.

Com apenas 16 anos, ela conversou com os chefes do Disney Channel e fez demandas para que pudesse estrelar “Agente K.C”. Primeiramente, ela teria de ser produtora da atração. Depois, ela exigiu que o título do seriado fosse mudado. Na época, ele era chamado de “Super Awesome Katy”. Ela também pediu para mudar o nome de sua personagem (“Eu pareço Katy para vocês?”) e insistiu que a família de sua personagem fosse negra. Representatividade importa, afinal de contas.

E isso não foi tudo.

“Eu queria garantir que ela não fosse boa em cantar, atuar ou dançar. Queria que ela não tivesse uma inclinação artística. Eu não queria que as pessoas dissessem: ‘ah, sim, agora ela canta nesse episódio’. Não. Ela não dança e não canta. Ela não faz essas coisas. Há outras coisas que uma menina pode fazer”, disse a atriz à Vogue. “Eu queria que ela soubesse artes marciais. Eu queria que ela fosse capaz de fazer tudo que um rapaz faz. Eu queria que ela fosse inteligente como todos os outros. Queria que ela fosse nerd. Eu queria que ela fosse capaz de pensar sozinha. Mas eu também queria que ela fosse esquisita, e não uma criança popular. Eu queria que ela fosse normal com uma vida extraordinária”.

Zendaya bateu o pé e conseguiu o que queria. Ela sabe seu valor e quer usar o espaço que tem para mostrar aos jovens – especialmente as meninas – que reconheçam a força que existe dentro de cada um.

“Muitas pessoas não percebem o poder que têm”, afirmou. “Eu tenho muitos amigos que dizem sim para tudo ou sentem que não podem se manifestar em determinadas situações. Não. Você tem o poder”.

Como discordar dela, né? E não deixe de acompanhar o novo trabalho da atriz: na próxima quinta-feira (6), “Homem-Aranha: De Volta ao Lar” estreia nos cinemas. Já dá para esperar que ela vai fazer bonito mais uma vez!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *