Como é beijar pela primeira vez aos 24 anos…

Como é beijar pela primeira vez aos 24 anos…

É um tanto esquisito e bacana ao mesmo tempo. É assim beijar pela primeira vez aos 24 anos.

Eu poderia encerrar por aí, mas vou prolongar essa conversa, porque acredito que ela seja necessária e, talvez, alguém tenha uma história parecida com a minha e se sinta sozinho. Porque é esse o sentimento que te acompanha até o seu primeiro beijo perto dos 25 anos: você está sozinho nessa.

Beijar é algo muito simples – banal, até -, mas é algo que demorou para acontecer na minha vida. Quem leu meu texto sobre sair do armário, conhece um pouquinho de como foi meu caminho até me aceitar como gay. Era um sentimento de não pertencer a lugar algum e não poder correr para qualquer lugar.

Durante toda minha adolescência, eu achei que era errado ser homossexual. Devia haver algo errado comigo e, enquanto meus amigos começavam a ter suas primeiras experiências, lá estava eu reprimindo qualquer desejo por qualquer garoto. Ao mesmo tempo, eu não conseguia me aproximar das meninas. Pelo menos, nunca afetivamente ou sexualmente. Ainda tive uma experiência sexual terrível, que só serviu para me fechar totalmente para dentro de mim (e também não houve pretendentes. Ou eu que não percebi. Sempre fui péssimo para paquerar também). Logo, meu primeiro beijo nunca aconteceu. Pelo menos até há alguns dias.

E isso é algo que eu revelei a poucos amigos após o beijo. O choque é natural e eu já esperava por ele. Afinal, quantas pessoas com 24 anos chegam a você e dizem “ei, dei meu primeiro beijo hoje”? Com certeza foram poucas, ou nenhuma. Todos seus amigos, irmãos e primos já beijaram. Até seu primo de 12 ou 13 anos já tem “mais experiência” do que você. Ou seja, o sentimento é mais ou menos como atestar ao mundo o fracasso que você é.

Mas fato é que isso não acontece para todo mundo na mesma época da vida, ainda que seja difícil. A adolescência é o momento em que os hormônios começam a pular e todo mundo começa a dar os primeiros beijos, transar e namorar. Aos 24 anos, muitos dos seus amigos já começam a noivar, casar, talvez mudar de profissão, mas você ainda não deu esse passo pequeno: beijar alguém.

E numa vida onde realizei várias coisas (faculdade, intercâmbio, viagens sozinho etc), um beijo até parece algo bem pequeno, mas é o tipo de coisa que todo mundo fez – e faz – e eu, nada. Eu tive marcas que eu carreguei até hoje, mas nem elas conseguiam me impedir de ter vergonha de nunca ter beijado uma pessoa.

Então, por mais que tenha acontecido com uma pessoa legal, parece “menos como uma comédia romântica e um pouco mais com uma realidade estranha”, como Jammie Howard escreveu em seu artigo no Hello Giggles. Ela beijou pela primeira vez aos 25 anos e ler seu texto foi como se ela descrevesse exatamente os mesmos sentimentos.

Mas eu e ela estamos aqui para dizer que: cada um tem seu tempo na vida para viver qualquer tipo de experiência. Tudo bem beijar pela primeira vez aos 24, 34, 40 anos. Ninguém é menos do que ninguém por isso. Vai acontecer (a menos que você não queira, claro. E há também quem não queira beijar uma pessoa aleatória na balada ou na rua. Também é normal) da forma mais natural possível. Ou pode ser surpresa, como foi comigo: no meio da Avenida Paulista, nós ficamos bem perto e nos beijamos. Foi bacana, com uma pessoa bacana. OK, requer um pouco de prática pra acertar, mas pessoas bacanas te ajudam a não se sentir tão desconfortável. E eu fico feliz que tenha sido com quem foi.

Talvez a gente tenha que pressionar menos as pessoas a terem as mesmas experiências e não tratá-las como um alienígena (apesar de que eu entendo totalmente o estranhamento). Beijar pela primeira vez aos 24 anos é menos romântico, mas ainda é significativo de alguma forma. Particularmente falando – e clichê como sou -, para mim foi como “Halo”, onde Beyoncé canta sobre “os muros que ela ergueu e eles estarem ruindo”. E isso não pelo ato em si, mas por eu finalmente estar me permitindo viver experiências e ser feliz.

“Será doce, fantástico e valerá a pena ter demorado tanto. Eu prometo”. Eu e a Jammie Howard prometemos. E pode ser que aconteça aos 14, 24 ou aos 44. Ainda assim, valerá a pena.

como é beijar pela primeira vez aos 24 anos

Gif: via.

Tags:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *