Cenário de “O Hobbit”, Nova Zelândia é país para colocar na sua lista de viagens

24. fevereiro 2015 Internet 0
Cenário de “O Hobbit”, Nova Zelândia é país para colocar na sua lista de viagens

*Por Lucila Carneiro de Francischi

Você já pensou sobre a Nova Zelândia? Bem, se você já viu “O Senhor dos Anéis” e “O Hobbit”, provavelmente sim. No entanto, o resto do mundo raramente pensa sobre aquele pequeno país à beira do mapa, que mais se parece com uma vírgula no final de um longa sentença de países, mas como todo bom escritor deve saber; vários significados estão escondidos dentro de uma vírgula (PS: eu não estou me incluindo na categoria de “bons escritores”).

dunedin nova zelandia foto: lucila de francischi
Dunedin – Nova Zelândia

Como uma fã de Tolkien eu penso sobre a Nova Zelândia desde 2001 e quando surgiu a oportunidade de passar 10 dias por lá, devo admitir que eu estava triste por ser apenas 10 dias.

Durante o planejamento da viagem eu imaginei que eu seria capaz de visitar todo o país e, neste ponto eu preciso introduzir um meme:

meme o hobbit nova zelandia
“Pensei que veria o país inteiro; nunca estive tão errado”. Imagem: memecreator.

A Nova Zelândia não é tão pequena como nós pensávamos, e há tanto para se ver e admirar que, quando viajar para lá, você deve ter em mente que ver absolutamente tudo é puxado. Então, aproveite sua viagem e não se apresse! Meu itinerário foi o seguinte: pousei em Christchurch, desci a costa leste, atravessei o país para oeste e voltei em direção Christchurch. Abaixo você confere o itinerário. Clicando aqui você confere o trajeto e as rotas.

itinerario-nova-zelandia-lucila

Como dá para ver eu não visitei tudo, eu só consegui ver a parte sul da ilha sul, por isso não posso dar uma descrição completa da nação, mas posso dar algumas dicas úteis que eu espero que sejam agradáveis!

Em primeiro lugar, e acima de tudo, a Nova Zelândia é mutável, verão e inverno são extremos e, dependendo de quando você está planejando sua viagem, você verá uma paisagem diferente. Eu estive lá em janeiro; o tempo era bom, não muito quente, mas mesmo assim eu consegui ver neve. De longe, mas era neve mesmo assim!

Milford Sound foto: lucila de francischi
Milford Sound

Carro é o principal sistema de transporte, você pode dirigir para todos os cantos e pernoitar nos motéis (não são como os do Brasil), mas a maioria das pessoas optam por alugar um motorhome (trailer). Eles possuem todas as formas e tamanhos e ajudam para que a  acomodação saia mais barata. Apenas lembre-se de trazer a carteira de motorista internacional e que eles dirigem do lado esquerdo, como os britânicos. Não há grandes rodovias, mas mesmo assim siga pelas estradas paralelas. Eles também têm rotas cênicas, ou como eles chamavam “scenic drive”, você terá a chance de ver um monte de rebanhos de ovelhas, vacas e veados (por incrível que pareça). Sempre pare para tirar fotos, não perca oportunidades.

Blue Pools nova zelandia foto: lucila de francischi
Blue Pools

Leve um bom par de tênis para trilha; a Nova Zelândia é um lugar para caminhar em todos os tipos de terreno. Eles amam rochas, elas estão em toda parte, e até mesmo algumas praias têm pedras ao invés de areia. O foco principal do país é o turismo de aventura, por isso tenha cuidado com ciclistas nas estradas.

Se você estiver indo por causa dos filmes de Peter Jackson, sugiro uma boa pesquisa on-line antes de ir. Eles não promovem os locais das filmagens tanto quanto eu acho que deveriam. Veja on-line exatamente onde é e como chegar. Isso vai fazer sua viagem mais fácil (eles vendem livros de guia de filmes, mas custam 28 dólares cada). Se possível, compre um GPS. Eu comprei o “TomTom New Zeland” para o meu telefone (GPS que foi mais barato do que alugar um com a empresa de carros) e ouvi todas as direções em português.

mount cook nova zelandia foto: lucila de francischi
Mount Cook

Por último, mas não menos importante, certifique-se de limpar o seu telefone e cartões de memória de sua câmera, você vai tirar um infinito de fotos, todos os lugares que você olha merecem uma panorâmica. A água mais azul que eu já vi, montanhas que se seguem onde quer que vá , vales que foram esculpidos na última idade do gelo. Absorva tudo e desfrute da sua viagem.

Tasman Lake foto: lucila de francischi
Tasman Lake

A Lan Chile, Qantas, Aerolíneas Argentinas e a Emirates oferecem voos para a Nova Zelândia, com saídas do Rio de Janeiro e São Paulo. Também é possível organizar a viagem através de uma agência de viagens.

A língua falada na Nova Zelândia é o inglês e o maori. O fuso-horário são de 12 horas a frente do nosso relógio e a moeda do país é o dólar da Nova Zelândia.