Cate Blanchett e Rooney Mara encontram dificuldades em seu romance no novo trailer de “Carol”

09. setembro 2015 Cinema 1
Cate Blanchett e Rooney Mara encontram dificuldades em seu romance no novo trailer de “Carol”

Cate Blanchett não para. Se no começo do ano, nós vimos a atriz viver a terrível madrasta de Cinderela no cinema, no final de 2015 a australiana aparecerá nas telonas vivendo um grande romance lésbico com a também atriz Rooney Mara, no drama “Carol“. A estrela também já foi confirmada para interpretar Lucille Ball numa futura produção.

Ambientado na Nova York da década de 50, o longa conta a história de um rica e casada mulher que se apaixona por uma jovem operadora de caixa de uma loja.

No primeiro trailer, Carol e Therese Belivet trocam olhares e gestos, e nessa segunda prévia, a personagem que dá título à obra, interpretada por Blanchett, declara-se para sua amada, enquanto trechos dos desafios que viverão ao assumirem seu relacionamento são mostrados. Tudo feito com muita poesia e beleza.

“Carol” é uma adaptação do livro “The Price of Salt” (em português, a obra leva o mesmo nome do filme), escrito por Patricia Highsmith, utilizando o pseudônimo Claire Morgan, ainda nos anos 50. A obra chocou ao retratar um romance entre duas mulheres com um final feliz para as protagonistas, diferente de outras produções que retratavam amores entre pessoas do mesmo sexo.

O filme é dirigido por Todd Haynes, de “Não Estou Lá” e “Longe do Paraíso”. Segundo ele conta ao site Indie Wire, o espectador acompanha o filme a partir do lado “mais frágil e com mais desejo”, da relação, que é a jovem Therese, depois mudando para Carol. Para ele, as “clássicas histórias de amor” partem da mesma perspectiva. “Eu sempre amo quando faltam palavras aos personagens, pois há coisas que acontecem que não podem ser articuladas ou vão além da articulação”, comentou. “Essa é, também, onde a linguagem visual é dada mais necessidade. Tento encontrar uma linguagem visual que descreva o que está acontecendo nessas vidas distintas e limitadas, trancadas de várias formas”.

Apresentado no Festival de Cannes deste ano, “Carol” foi muito elogiado pela crítica, assim como a atuação de Cate Blanchett e Rooney Mara, que vivem o romance numa época muito mais difícil para gays e lésbicas. A produção é uma das apostas para o Oscar 2016.

Janeiro é o mês de estreia do filme no Brasil. Vamos aguardar!