Caitlyn Jenner faz poderoso discurso em premiação

Caitlyn Jenner faz poderoso discurso em premiação

Caitlyn Jenner, que logo estará na televisão com uma série focada na sua transição e sua vida como mulher trans, foi homenageada no ESPY Awards, premiação esportiva da ESPN, realizada na noite de ontem. Ela recebeu o troféu “Arthur Ashe Courage Award”, entregue a personalidades dos esportes ou não, por sua bravura.

Acompanhada de todos seus filhos e sua mãe, Caitlyn subiu ao palco emocionada. Com os holofotes todos voltados a ela, a ex-atleta olímpica fez questão de relembrar sua jornada, lembrou de seus privilégios e pediu respeito a todos os jovens transgênero que ainda estão tentando se aceitar como são.

“A verdade é que, há poucos meses, eu não conhecia uma pessoa trans. Nunca conheci uma pessoa trans. Lidei com a minha situação sozinha, o que tornou essa jornada uma incrível educação. Tem aberto olhos, inspirado. Por todo o país, há jovens se aceitando como transgênero. Eles estão aprendendo que são diferentes e estão tentando entender como vão lidar com isso. Estão sofrendo bullying, estão apanhando, morrendo e se suicidando”.

De forma divertida, Caitlyn iniciou seu discurso brincando, dizendo entender os problemas com roupas que as mulheres passam, além da patrulha da moda. Foi então que sua fala ficou mais séria, lembrando de casos recentes de jovens que morreram por serem transgênero. “Sempre que coisas assim acontecem, as pessoas perguntam ‘poderia ser diferente? Se destacássemos mais essa questão, será que as coisas mudariam’? Nós nunca saberemos”.

A ex-atleta seguiu falando sobre a importância de ter olhos da mídia voltados a ela. “Com a atenção, vem a responsabilidade”. Caitlyn já havia dito em sua entrevista com Diane Swayer que acreditava ser capaz de ajudar a mudar o mundo com sua história. Com a série I Am Cait, que estreia na televisão americana no dia 26 de julho, os telespectadores adentrarão sua vida, conhecendo mais profundamente como é ser uma pessoa transgênero. “Vou contar a minha história da maneira certa. Eu continuarei aprendendo, farei o que for possível para mudar a forma como as questões de pessoas trans são vistas e como essas pessoas são tratadas. E indo além, promover uma simples ideia: aceitar as pessoas como elas são”.

https://www.youtube.com/watch?v=112W8q8XXKw

Em meio a uma plateia cheia, Caitlyn lembrou do poder transformador da educação, assim como destacou que ela não é a única a merecer respeito, mas todas as outras pessoas transgênero também. “Com o respeito, surge uma comunidade mais compassiva, uma sociedade mais empática e um mundo melhor para todos nós”.

Após agradecer o apoio de amigos, família e de sua mãe, Jenner terminou seu discurso com uma poderosa mensagem:

“É uma honra ter a palavra coragem associada à minha vida. […] Se você quiser me xingar, fazer piadas, duvidar das minhas intenções, vá em frente. Porque a realidade é que eu aguento. Mas pelas milhares de crianças por aí, que estão chegando aos termos com quem são de verdade, eles não deveriam passar por isso. Então, para as pessoas que querem saber o sentido disso, se é sobre coragem, controvérsia ou publicidade, eu digo o sentido disso: é sobre o que acontece a partir de agora. Não é somente sobre uma pessoa, é sobre milhares de pessoas. Não é só sobre mim, mas sobre todos nós aceitando uns aos outros. Somos todos diferentes. Isso não é uma coisa ruim, é uma coisa boa. Pode não ser fácil lidar com as coisas que você não entende direito. Mas estou aqui para dizer que é possível, mas somente se fizermos isso juntos”.

Parabéns, Caitlyn! E se nós estamos orgulhosos dela, imagino seus filhos, que posaram juntos para uma foto postada nas redes sociais:

CLIQUE #ESPY'S ✔️

A post shared by Kim Kardashian West (@kimkardashian) on