Até o Presidente Obama tem algo a dizer sobre a falta de diversidade no Oscar

28. janeiro 2016 Cinema 0
Até o Presidente Obama tem algo a dizer sobre a falta de diversidade no Oscar

Com a falta de diversidade racial entre os indicados ao Oscar deste ano, todo mundo tem algo a dizer sobre o assunto, tendo alguns até optado por boicotar o evento no dia 28 de fevereiro, como é o caso do diretor Spike Lee e a atriz Jada Pinkett Smith.

E a mais nova personalidade a entrar na discussão foi o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. Segundo o Guardian, ele teria dito que Hollywood precisa garantir que as minorias étnicas tenham as mesmas oportunidades. Obama também classificou a discussão sobre a lista de indicados ao Oscar como “uma expressão de um problema muito maior”, dizendo que a indústria cinematográfica se beneficiaria muito com a diversidade.

“Acho que a Califórnia é um exemplo de incrível diversidade neste país. Isso é um ponto forte. Acho que, quando a história de todo mundo é contada, isso torna a arte melhor”, afirmou o presidente. “Isso torna o entretenimento melhor, faz com que todos se sintam parte de uma família americana, então acho que, como um todo, a indústria deveria fazer como qualquer outra indústria faria, que é procurar por talentos e providenciar oportunidades para todos. E eu acho que o debate sobre o Oscar é uma expressão de um problema muito maior. Estamos certificando que todos têm as mesmas oportunidades?”

Desde que os indicados ao Oscar foram anunciados, muito tem sido discutido sobre falta de diversidade entre os atores e atrizes nomeados, que pelo segundo ano consecutivo, são todos brancos. Após as reações negativas, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas garantiu que tomará medidas para diversificar seu corpo de membros, cuja grande maioria é composta por homens brancos. Entre elas, estão o fim da filiação vitalícia e o fim do direito ao voto ao integrante que não trabalhar na indústria cinematográfica nos últimos 10 anos.

A candidata à presidência pelo partido Democrata, Hilary Clinton também comentou sobre a falta de diversidade no Oscar, afirmado que as ações da Academia estão “atrasadas.” “Mas a Academia anunciou algumas mudanças, como eles deveriam mesmo”, declarou Hilary em entrevista ao aol.com. “Pense nos ótimos filmes que não só mostram a diversidade dos Estados Unidos, mas a mostram a diversidade da experiência humana. A Academia precisa acompanhar a nossa realidade.”