Acusado de assédio sexual, Casey Affleck não entregará o prêmio de Melhor Atriz no Oscar deste ano

27. janeiro 2018 Cinema 0
Acusado de assédio sexual, Casey Affleck não entregará o prêmio de Melhor Atriz no Oscar deste ano

A temporada de premiações em Hollywood tem se transformado em uma época de manifestação feminina contra o assédio sexual. No Globo de Ouro, atrizes, roteiristas, diretoras e produtoras vestiram preto para pedir o fim do abuso no ambiente de trabalho; enquanto no SAG Awards, apenas mulheres apresentaram os prêmios e comandaram o evento.

Ainda não se sabe o que o Oscar fará exatamente sobre o tema, mas uma coisa é certa: Casey Affleck não participará da premiação. Em 2017, ele foi premiado como Melhor Ator, graças ao seu papel em “Manchester à Beira-Mar”, filme do diretor Kenneth Lonergan. Um representante da Academia do Oscar, comentou sobre a decisão à revista The Hollywood Reporter, mas limitando-se a dizer: “nós apreciamos a decisão de manter o foco no show e nos grandes trabalhos deste ano”.

Caso fosse ao Oscar, a presença de Casey causaria estranheza e protestos. O artista possui duas acusações de assédio sexual no passado, ambas feitas por mulheres que trabalharam com ele no documentário “Eu Ainda Estou Aqui”. As mulheres, Amanda White e Magdalena Gorka, alegaram “conduta ofensiva” por parte do ator. A primeira contou que Affleck instruiu um membro da equipe a mostrar a ela seu pênis, mesmo tendo dito que não queria vê-lo, e que ele chegou a insistir para que ambos dividissem um quarto, o que ela negou, e ele a pegou pelo braço de “maneira hostil”.

Já Gorka disse ter vivido a “pior experiência de sua vida” ao trabalhar com Casey. Um dos casos relatados por ela dão conta de que ela acordou no meio da noite sendo abraçada por ele, que vestia apenas uma camiseta e cueca. Seu rosto estava próximo ao dela e seu hálito cheirava a álcool. Os casos foram resolvidos extrajudicialmente.

Com os protestos contra o assédio sexual ocupando o centro das atenções e discussões em Hollywood, seria inadequado, para dizer o mínimo, que Casey Affleck participasse do Oscar, que é considerado o prêmio máximo do cinema americano. A ausência do artista, porém, quebrará uma longa tradição do evento, que é do Melhor Ator do ano anterior entregar o prêmio para a Melhor Atriz do ano seguinte e vice-versa. Esse costume já foi quebrado anteriormente e será mais uma vez interrompido.

Em 2016, em uma das raras vezes em que comentou as acusações de assédio, Casey disse ao jornal The New York Times:

“Foi tudo resolvido, para a satisfação de todos. Eu fui ferido e fiquei triste, e tenho certeza que todos ficamos, mas eu superei isso. Foi uma situação infeliz, principalmente para as pessoas das famílias das partes envolvidas”.

No ano passado, ao dar a ele o prêmio de Melhor Ator, Brie Larson se recusou a aplaudi-lo, dizendo em entrevista que: “o que quer que eu tenha feito no palco falou por si só”.

Quase um ano depois, nós continuamos do lado de Brie e todas as mulheres que se manifestaram contra o assédio sexual.

A lista de indicados ao Oscar 2018 pode ser conferida aqui.