A complicada relação de mãe e filha no trailer de “Como Nossos Pais”, novo filme da diretora Laís Bodanzky

11. julho 2017 Cinema 0
A complicada relação de mãe e filha no trailer de “Como Nossos Pais”, novo filme da diretora Laís Bodanzky

Laís Bodanzky está prestes a voltar aos cinemas brasileiros com o filme “Como Nossos Pais”, mais de sete anos depois de lançar “As Melhores Coisas do Mundo”, longa que tratava das descobertas da adolescência. Em sua mais nova obra, a qual ela escreveu o roteiro em parceria com Luiz Bolognesi, o tema é a complicada relação de uma filha com sua mãe e o dilema da ‘super mulher’ dos tempos atuais. 

A atriz Maria Ribeiro dá vida à protagonista Rosa, uma mulher que, segundo a sinopse, “quer ser perfeita em todas suas obrigações: como profissional, mãe, filha, esposa e amante”. É impossível para ela – e para qualquer mulher – dar conta de tudo e, por isso, “quanto mais tenta acertar, mais tem a sensação de estar errando”.

“Eu não quero mais fingir que eu sou uma mulher que dá conta de tudo… Eu não dou conta de tudo. Eu abri mão da minha vontade de escrever – de escrever uma peça, de ser dramaturga, entendeu? Eu fico escrevendo folder de cerâmica de banheiro”, ela diz em determinado momento da prévia de “Como Nossos Pais”, divulgada ontem (10).

Não fosse isso o bastante, Rosa tem uma complicada relação com sua mãe, Clarisse (Clarisse Abujamra), que durante uma de suas visitas, faz uma revelação que acaba sacudindo sua vida, e a leva a questionar sua existência e a se reinventar.

Além de Maria Ribeiro e Clarisse Abujamra, estão no elenco, Paulo Vilhena, Jorge Mautner, Annalara Prates, Felipe Rocha e Sophia Valverde.

Esse drama da ‘super mulher’, infelizmente, é bem comum para as mulheres dos dias de hoje, que sentem que precisam equilibrar a vida pessoal, afetiva e carreira, tudo ao mesmo tempo, e sem poder errar nada ao longo do processo. Obviamente, não existem pessoas perfeitas, o que existe é uma cobrança externa, que acaba sendo internalizada por muitas mulheres, e as levam a se sobrecarregar para dar conta de tudo.

Sendo filho de uma mãe que sentia que precisava ser perfeita o tempo todo, e que não tinha permissão para falhar, a produção chega a ser bem familiar para mim – o que me deixou com uma vontade enorme de assisti-la.

“Como Nossos Pais” estreou no Festival de Berlim deste ano e ganhou o prêmio do público no Festival de Cinema Brasileiro de Paris. O filme chega aos cinemas nacionais no dia 31 de agosto.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *