Lista: 8 videoclipes inspirados em clássicos do cinema

14. Janeiro 2018 Cinema, POP 0
Lista: 8 videoclipes inspirados em clássicos do cinema

Começa o ano, e o assunto são as grandes premiações do cinema internacional. Então, por que não aproveitar esse clima e listar alguns clipes que foram inspirados em filmes? O Prosa Livre fez isso, e na lista a seguir estão alguns dos vídeos mais legais com referências a clássicos do cinema.

Lembrando que não entraram para a lista clipes de trilhas sonoras que usam cenas dos próprios filmes. (Fica para uma próxima lista, quem sabe!)

“Tonight, Tonight”, do The Smashing Pumpkins

Inspirado em “Viagem à Lua” (Georges Méliès, 1902)

Um dos primeiros grandes filmes da História do Cinema, “Viagem à Lua” é até hoje lembrado e homenageado, tento no cinema quanto na moda, publicidade, etc. A clássica lua com rosto humano é inconfundível (ela aparece inclusive numa cena do musical “Moulin Rouge!” de Baz Luhrmann). O Smashing Pumpkins usou essa estética para compor o bonito clipe de “Tonight, Tonight”, um de seus maiores clássicos.

“Express Yourself”, da Madonna

Inspirado em “Metropolis” (Fritz Lang, 1927)

Grande hit da Madonna nos anos 1980, “Express Yourself” faz referência a um dos maiores filmes do cinema mundial. “Metropolis” revolucionou os efeitos visuais da época, e definiu o gênero de ficção científica, sendo ainda hoje lembrado e aclamado. Apesar do clipe ser em cores, ele mantém a atmosfera futurista e distópica do longa alemão dirigido por Fritz Lang lá em 1927.

“Countdown”, da Beyoncé

Inspirado em “Cinderela em Paris” (Stanley Donen, 1957)

A inspiração para o visual e o figurino desse clipe veio do musical estrelado por Audrey Hepburn. Impossível não reconhecer o clássico penteado da atriz, e o figurino preto com gola rolê. Além disso, a coreografia de Beyoncé também faz referência a uma sequência específica do filme. Obviamente, a cantora pegou emprestada a ideia para depois caprichar numa coreografia mais dinâmica e complexa, bem ao seu estilo.

“Kiss Me”, do Sixpence None The Richer

Inspirado em “Jules e Jim” (François Truffaut, 1962)

O charmoso vídeo em preto e branco do Sixpence None The Richer foi gravado em Paris, copiando cenas do clássico da nouvelle vague francesa “Jules e Jim”, a história de um triângulo amoroso entre dois amigos e uma bela mulher (interpretada no filme pela saudosa Jeanne Moreau). No final do clipe, a vocalista Leigh Nash ainda deixa flores no túmulo de François Truffaut – uma homenagem tão fofa quando a própria música!

“Linger”, do The Cranberries

Inspirado em “Alphaville” (Jean-Luc Godard, 1965)

Outra homenagem a um clássico da nouvelle vague francesa. Dessa vez, foi a estética do thriller policial futurista de Godard, “Alphaville”, que serviu de inspiração para a banda The Cranberries. Até o clima do filme, com os grandes holofotes e fortes luzes piscando, foi transposto para o clipe. Os integrantes da banda também se caracterizaram como as personagens, com um visual meio gangster de film noir.

“The Universal”, do Blur

Inspirado em “Laranja Mecânica” (Stanley Kubrick, 1971)

O clássico cult “Laranja Mecânica” foi inspiração para a banda inglesa Blur no clipe. Tudo em “The Universal” é uma óbvia e bem realizada homenagem à produção de Kubrick, da cenografia futurista aos figurinos arrojados. E também a maquiagem do vocalista Damon Albarn, caracterizado como a personagem de Malcolm McDowell no filme.

“Guardian”, da Alanis Morissette

Inspirado em “Asas do Desejo” (Wim Wenders, 1987)

Gravado na famosa Alexanderplatz, no centro de Berlim, o clipe da canadense Alanis Morissette homenageia um dos grandes filmes do cinema alemão, “Asas do Desejo”. No vídeo, Alanis aparece usando asas de anjo no topo dos prédios da capital alemã, assim como as personagens do clássico de Wim Wenders. Curiosamente, um dos maiores sucessos da cantora, “Uninvited”, foi trilha sonora do remake americano do filme, “Cidade dos Anjos”, com Meg Ryan.

“Mr. Brightside”, do The Killers

Inspirado em “Moulin Rouge!” (Baz Luhrmann, 2001)

O delicioso musical com Nicole Kidman e Ewan McGregor foi um grande sucesso do começo dos anos 2000, assim como o hit “Lady Marmalade”, cujo clipe segue icônico nos dias de hoje. Não muito tempo depois do lançamento do filme, a banda americana The Killers se apropriou do visual carregado e lúdico de cabaré francês para o clipe de “Mr. Brightside”. Além disso, a própria história do clipe dialoga, em certo nível, com a temática do filme.

E depois de assistir aos clipes e pegar as referências, a dica é correr atrás dos filmes nos quais eles se inspiram. Vale a pena! Outras referências a filmes estão nos clipes de “I’m Glad” da Jennifer Lopez (inspirado no clássico “Flashdance”), “Fancy” da Iggy Azalea (que copia cenas de “As Patricinhas de Beverly Hills”), “Material Girl” da Madonna (onde ela encarna a Marilyn Monroe de “Os Homens Preferem as Loiras”), entre outros.

E você, lembra de mais algum clipe inspirado em produções cinematográficas?