7 lições que eu aprendi fazendo intercâmbio

18. outubro 2014 Internet 3
7 lições que eu aprendi fazendo intercâmbio

Há quatro anos eu fui para a Austrália fazer intercâmbio. Foi minha primeira viagem internacional e eu passaria 6 meses do outro lado do mundo. A ideia foi sugerida por mim, que sempre quis viajar, mas era daquele tipo, “vou falar para minha mãe que quero cair fora, só para ver o que ela acha”. Eu tinha certeza de que ela diria não. No entanto, para a minha surpresa eu ouvi um sonoro “tudo bem”. Inseguro como sempre fui, tive o impulso de dizer “era brincadeira, sua boba”. Mas não. Eu tinha juntado um bom dinheiro do meu primeiro emprego na vida, minha mãe conseguiu pagar uma parte e eu fui. No dia 20 de março, estava numa avião, morrendo de medo, a caminho de Brisbane, no nordeste da Austrália.

Posso dizer, sem dúvida alguma, que foram os melhores 6 meses da minha vida. Não foi fácil. Morei com minha prima durante todo o período, e eu estava com dinheiro bem ralo. Não consegui emprego, então, fiquei sentindo que estava dando trabalho a ela e ao, então noivo (hoje marido! Dei a sorte de estar no casamento civil e religioso deles), mas eles foram as melhores pessoas do mundo comigo. Tenho um carinho (e uma dívida enorme) com eles. Ainda assim, fazer um intercâmbio foi a melhor decisão da minha vida. E venho aqui compartilhar sete lições que eu tirei dele:

7 – É provável que seu nível de inglês (ou qualquer idioma) não seja tão bom assim:

tumblr_me5hni8qwM1rlid3mo1_500

Se você não sabe nada do idioma quando vai para outro país, tudo bem ir para lá “cru”. Mas, em geral, quando vamos para o exterior queremos falar qualquer coisa, só para ver se o outro entende ou para nos sentirmos, enfim, fora de casa. E é aí que nos damos conta que temos muito a aprender. Eu falava bem inglês, mas quando cheguei na Austrália, lembro da oficial da imigração pegando meu passaporte e dizendo algo sobre meu nome comprido. Não entendi e concordei. Depois ela disse algo e riu. Não entendi nada, mas ri com ela. E foi aí que eu percebi que tinha muito a aprender.

6 – Você aprende a valorizar muito mais sua família:

giphy

É estando longe de casa que sentimos falta das brigas com os irmãos, das conversas e das broncas dos nossos pais, de passar o dia na casa dos avós… Quando você está em outro país, a conversa do Skype leva horas, porque você tem tanto a contar e sua família tem tanto a dizer, que você não consegue desgrudar do computador/celular/tablet. O sentimento é de querer todos ali com você.

5 – Não caia em estereótipos:

tumblr_mhyl3hwiwt1rfduvxo1_500
“Se você veio da África, por que você é branca?”

Quando você está em outro país, é normal termos ideias pré-concebidas sobre o país. Mas é só chegar lá para vê-las caindo por terra. E quando você está na escola e estuda com gente do mundo inteiro, achamos que sabemos tudo sobre o costume do outro. Mas a verdade é que não sabemos nada e estamos ali para aprender com todo mundo. Coreanos e japoneses são mais simpáticos e abertos do que dizem por aí. Australianos adoram saber mais sobre onde você veio. Esqueça tudo o que você “acha” que sabe e permita-se aprender novas culturas. O resultado virá em um ganho cultural enorme, fora as amizades! 🙂

4 – Aprender novas culturas é divertido:

tumblr_muxza1pbaB1qkosodo1_500
“Estou apaixonada. Estou tendo um caso com a minha pizza”

Isso só é possível se você esquecer esterótipos. Aprender com as pessoas de outros países a forma como comem, o que comem, como reciclam o lixo, como dão “bom dia”, como lidam com o cotidiano, enfim… Isso tudo é muito prazeroso. Esqueça um pouco seus hábitos e permita-se a ver o mundo com os olhos do outro. Quando você voltar para casa, é bem capaz de adaptar algo que aprendeu quando esteve fora.

3 – Assistir filmes sem legenda é uma vitória:

giphy (1)

A sensação é incrível. Você vai ao cinema, depois de um tempo estudando inglês (ou qualquer idioma), e consegue assistir ao filme todo sem legenda! É incrível! Você sente que todo o investimento valeu a pena. Melhor ainda é conseguir manter uma conversa com alguém. Mas poder assistir a filmes sem as letrinhas indicando o que os personagens estão dizendo é uma liberdade fabulosa!

2 – Voltar para casa é o mais difícil:

Love-and-Other-Drugs
“Não é justo”

Tudo o que é bom dura pouco. A hora da partida é muito difícil. Deixar para trás o país, os amigos que você fez, a rotina que foi criada… Tudo isso deixa saudade. Muita gente fica, mas muitas outras vão embora. E é aí que os abraços demoram e o olhos se enchem de lágrimas. Lembre-se dos bons momentos e das amizades. Isso fica. Ah, e você pode sempre voltar. 🙂

1 – Não há nada melhor do que viajar:

kit-harington-hot-gifs-GOT-ready
“Estou pronto”

Depois do intercâmbio, tudo muda. Viajar é a melhor coisa do mundo, seja de carro, seja de avião, seja de ônibus ou navio. Só a ideia da viagem já te deixa animado. Nada melhor do que cair na estrada e explorar novos lugares. Sua mente se abre de várias formas e você nunca mais será o mesmo!

Então, aqui vai um conselho de amigo, caso você não tenha captado a mensagem: faça um intercâmbio. Se você tem essa possibilidade, vá em frente. Não há contraindicações.

Tags:


3 thoughts on “7 lições que eu aprendi fazendo intercâmbio”

  • 1
    Ítalo on 08/02/2016 Responder

    Confesso que morro de vontade de fazer intercâmbio, mas morro de medo porque sou muito tímido. :'(

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *