5 coisas que as pessoas precisam parar de dizer aos homossexuais

30. setembro 2014 Internet 3
5 coisas que as pessoas precisam parar de dizer aos homossexuais

Sempre temos algo para dizer sobre a vida alheia. Sempre! Todo mundo faz isso, infelizmente. O pior é que cobramos as pessoas para não se meterem nas nossas vidas, mas acabamos fazendo exatamente a mesma coisa.

E quando desconhecemos o assunto, é pior ainda: são pérolas e mais pérolas, e ainda agindo como se dominássemos a questão. E quando se trata de homossexualidade, vemos até onde vai a ignorância das pessoas.

Para ajudar: aqui vão 5 coisas básicas que você deve parar de dizer aos homossexuais:

1 – Eu amo os homossexuais, mas não aprovo suas práticas:

shut-up-gifQuanto erro carrega essa frase? É o mesmo que dizer “amo os negros, mas não aprovo sua melanina”. Se você ama realmente alguém, então você a aceita do jeito que ela é. Qual é a diferença se seu amigx ama alguém do mesmo sexo? E outra: ninguém está pedindo sua aprovação. Assim como você não espera que alguém aprove o seu namoro ou qualquer aspecto da sua vida, um homossexual não está nem aí se você gosta ou não do que elx faz. Então, cuide da sua vida.

2 – Eu respeito sua opção sexual:

what-the-fuck

Gente, se isso fosse opção, quando você decidiu que seria hétero? Ninguém escolhe sua sexualidade, você nasce com ela. E outra: o Brasil detém metade das mortes mundias por homofobia. Logo, eu duvido que alguém decida num belo dia que quer “viver perigosamente”, né? As pessoas nascem do jeito que são, então, homossexualidade não é escolha. Para facilitar, o canal ‘Põe na Roda’ fez um vídeo divertido sobre o assunto.

3 – Não tenho nada contra o ‘homossexualismo’:

why_gif

O sufismo ‘ismo’ está ligado a uma patologia, uma doença. Mas desde de 93, a OMS (Organização Mundial de Saúde) não considera a homossexualidade como doença. No Brasil, isso vale desde 1985. Ou seja, é errado dizer homossexualismo. É homossexualidade, uma das formas da sexualidade humana.

4 – Estão instalando uma ‘ditadura gayzista’ no Brasil:

tumblr_mwumhc7BPf1ql01e1o1_500Esse tipo de coisa ficou muito mais comum depois da popularização das redes sociais. Não, não existe nenhum plano de ditadura no Brasil, muito menos ‘gayzista’. O que acontece é que os homossexuais não vão mais apanhar e ficar caladxs. Enquanto não existe ~piada~ alguma sobre héteros, sempre há piadas sobre os gays. E isso é discriminação, sim, pois todos merecemos respeito. Não é uma brincadeira, é opressão. Depois, os homossexuais lutam por direitos básicos, garantidos a todos os héteros: casar, poder adotar filhos, ter direito a herança e a demonstrar afeto em público sem ficar com medo de levar uma lâmpada na cabeça, ser agredidx ou mortx. Por isso a criminalização da homofobia é necessária. Seria algo desnecessário, se todo mundo respeitasse a diversidade humana e cuidasse da própria vida.

5 – Nada contra os gays, desde que não deem em cima de mim:

kidding

Esse ego inflado deveria parar no consultório de um psicólogo. Não é porque você é homem/mulher, que um homossexual vai dar em cima de você. Não, você não é o tipo de todo mundo, muito menos irresistível. Portanto, seja menos egocêntrico e fique quieto.

Essas foram 5 coisas básicas, mas existem muitas outras coisas que não devem ser ditas aos homossexuais. Se você não sabe o que falar, sempre prefira o silêncio. Sempre. E mais importante: você não gosta, beleza. Guarde para si. Mas respeite o próximo. É fácil e indolor. Basta não se meter na vida do outro.

gays
André Dahmer (@malvados)

Tags: